Homem Aranha no Aranhaverso é um bom começo para essa quinta. A animação faturou o Globo de Ouro da categoria no último domingo e tem tudo para chegar aos indicados do Oscar e quem sabe levar a estatueta pra casa. Alguns críticos consideram que este é o melhor filme do herói já produzido. Acompanharemos a história de Miles Morales, jovem negro do Brooklyn, que ao ser picado por uma aranha em especial ganha poderem e se torna o Homem-Aranha. A essa altura, o Aranha original está morto, ou pelo menos é isso que imagina nosso protagonista. Mas ao visitar o túmulo de seu ídolo ele tem um encontro com o próprio Peter Parker, e mais tarde se surpreende descobrindo outras versões do Homem-Aranha, justificadas pela a existência de dimensões paralelas. O garoto deverá entender usa missão, e ainda passar pleo pior: a adolescência. Pelo menos contará com a ajuda de uma turma: Peni Parker, uma adolescente vibes mangá que tem um robô-aranha, o Porco-Aranha meio Hanna-barbera, o Homem-Aranha noir e Gwen Stacy, a Mulher-Aranha.

Glenn Close levou o Globo de Ouro de Melhor Atriz Drama e pode ser indicada, com chance de levar, para o Oscar 2019 por seu papel no filme A Esposa. Se a indicação se confirmar, será a sétima vez que Close disputará o prêmio. É o maior número de indicações para uma atriz que nunca ganhou o prêmio ( empatando com Deborah Kerr e Thelma Ritter). Não será uma barbada, pois enfrentará, muito provavelmente,a britânica Olivia Colman, vencedora do Globo de Ouro na categoria de comédia ou musical por seu papel em A Favorita, mas a chance de vencer como Melhor Atriz está bem próxima!

Voltando ao filme, a história é centrada nesta mulher, esposa, que durante 40 anos de casamento sacrificou seu talento, sonhos e ambições, para apoiar o marido, bem sucedido na carreira literária. Quando ele, personagem de Jonathan Pryce,  recebe o Prêmio Nobel de Literatura, e eles viajam juntos para Estocolmo, Joan passa a questionar suas escolhas de vida, incentivada pelas cutucadas de um  jornalista, interpretado por Christian Slater, que quer escrever a biografia do laureado, e porque não desenterrar verdades desconhecidas. O filme é  baseado no romance The Wife, de Meg Wolitzer.

Fechando as dicas de hoje com um filme que já está na pré lista dos 9 indicados ao Oscar 2019 na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. O representante japonês levou a Palma de Ouro do Festival de Cannes em 2018. A história trata de uma família composta por uma ex-prostituta que se juntou com um cliente, um filho e ainda uma garotinha tirada por eles da casa onde sofria violência. Uma família pobre, que vive de pequenos furtos, e que esconde ainda outros segredos… E que terá de passar por provações para ficarem juntos.

Marcos Mion segue na Record e confirma próxima edição de A Fazenda João de Deus é réu pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.