E finalmente poderemos ver o esperadíssimo Blade Runner 2049. A sequência do clássico da ficção científica vem com direção do canadense Denis Villeneuve, responsável pelo ótimo A Chegada ( que inclusive concorreu ao Oscar em diversas categorias, levando apenas o prêmio de Edição de Som). Dennis Villeneuve também assina outras produções como O Homem Duplicado e Sicário: Terra de Ninguém.

O primeiro Blade Runner, lançado em 1982, foi dirigido por Ridley Scott e protagonizado por Harrison Ford. O diretor agora assina a produção executiva da continuação, enquanto o ator retorna como seu personagem Rick Deckhard, que trará respostas ao novo protagonista, o oficial K interpretado por Ryan Gosling.

Blade Runner 2049 se passa trinta anos após os acontecimentos do primeiro filme. Então, se antes estávamos tratando de uma projeção futurista para o ano de 2019, no novo filme estaremos falando exatamente do ano de 2049. E sim, a humanidade estará novamente ameaçada, por um segredo desenterrado pelo novato oficial K. A sinopse oficial diz o seguinte:

Trinta anos após os eventos do primeiro filme, um novo blade runner, o policial K (Ryan Gosling), do Departamento de Los Angeles, desenterra um segredo que tem o potencial de mergulhar o que sobrou da sociedade em caos. A descoberta de K o leva a uma jornada em busca de Rick Deckard (Ford), um antigo blade runner da LAPD que está desaparecido há três décadas.

O elenco conta ainda com Jared Leto, Robin Wright e Dave Bautista.

Outro filme que deve mexer com os corações nostálgicos é Pica-Pau: O Filme. A história parte da chegada de um vigarista interpretado por Timothy Omundson, seu filho insatisfeito em ter que se mudar para o meio do nada e a namorada do pai, vivida pela atriz brasileira Thaila Ayala. Eles vão devastar parte do lar doce lar do passarinho para construir uma casona… E como vocês bem podem imaginar, Pica-Pau não vai deixar barato.

Chocante também estreia hoje. Grande elenco, com Marcus Majella, Lúcio Mauro Filho, Bruno Mazzeo, Bruno Garcia, Pedro Neschling e Tony Ramos, o filme conta a história de uma banda ao melhor estilo Menudos e Dominó, que depois de fazer muito sucesso na década de 90, quer fazer um cameback.

Agora, fiquem de olho numa produção sul coreana chamada Na Praia À Noite Sozinha, do diretor premiado Hong Sangsoo. Na história, uma atriz famosa tem um caso extraconjugal com um diretor, deixa a coreia para depois retornar e encarar a repercussão disso. O detalhe é que o filme é de certa forma auto biográfico, já que o próprio Sangsoo viveu a situação, exatamente com a atriz protagonista do filme, Kim Minhee que venceu o Urso de Prata de melhor atriz no Festival de Berlim deste ano. Outros filmes do diretor?

O casal do momento: Sam Smith e Brandon Flynn Nobel de Literatura e duas dicas de filmes para vocês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.