A edição de número 70 de um dos festivais de mais prestígio do cinema acontece entre os dias 17 e 28 de maio e inclui na Seleção Oficial  filmes novos de diretores como Sofia Coppola e Todd Haynes, mas exclui qualquer produção da América Latina. Entre os escolhidos dois títulos causaram polêmica. Ambas as produções produzidas pela Netflix: Okja, de Bong Joon-Ho (Expresso do Amanhã), e The Meyerowitz Stories, de Noah Baumbach. Acontece que estes filmes foram lançados em streaming, e não em salas de cinema, o que estaria fora do regulamento do Festival. Para este ano ano, a organização manteve os filmes em competição, mas já determinou regras claras para o festival do ano que vem:

“O Festival tem o prazer de receber um novo operador que decidiu investir em cinema e quer reiterar o seu suporte ao modo de exibição tradicional do cinema na França e no mundo. Consequentemente, após consulta com os Membros do Conselho, o Festival de Cannes decidiu adaptar suas regras para esta situação até agora despercebida: qualquer filme que desejar participar da Competição em Cannes terá que se comprometer a ser distribuído nos cinemas da França. Esta nova medida será aplicada a partir da edição 2018 do Festival Internacional de Cannes em diante.”

O filme de abertura do festival será Les Fantomes D’Ismael, de Arnaud Desplechin. Protagonizado por Mathieu Amalric, que interpreta um cineasta que ainda sofre a morte da ex esposa, mesmo recomeçando a vida com uma nova. Mas eis que o fantasma da falecida volta. No elenco estão Marion Cotillard, Charlotte Gainsbourg e Louis Garrel.


O juri será presidido por Pedro Almodóvar, composto pelos atores americanos Jessica Chastain e Will Smith, o cineasta italiano Paolo Sorrentino a alemã Maren Aden, a atriz francesa Agnès Jaoui,  a chinesa Fan Bingbing, o diretor sul-coreano Park Chan-wook e o compositor francês Gabriel Yared.

Entre as presenças mais aguardadas no tapete vermelho, alguns nomes que integram o elenco de filmes que competem pela Palma de Ouro, como Dustin Hoffman, veterano que aos 80 anos, que está na produção Netflix, The Meyerowitz Stories, junto a Adam Sandler, Ben Stiller e Emma Thompson. O filme é descrito como uma comédia-dramática que trata da luta entre gerações de irmãos adultos contra a influência do pai.

 

Também  em produção Netflix, Tilda Swinton deverá dar as caras para apresentar Okja, filme que conta com Jake Gyllenhaal no elenco. Nicole Kidman está na segunda temporada da série Top Of The Lake, que terá apresentação especial no festival. Nicole é uma das estrelas de O Estranho Que Nós Amamos, novo filme de Sofia Coppola, e também está em The Killing of a Scared Deer, drama de Yorgos Lanthimos. Em ambos os filmes contracena com Colin Farrell.

 Julianne Moore integra o elenco de Wonderstruck, de Todd Haynes, o ator francês Vincent Lindon interpreta o escultor Auguste Rodin no filme de Jacques Doillon. Isabelle Huppert, que já venceu duas vezes o prêmio de atuação feminina do Festival, concorre este ano por Happy End, de Michael Haneke.

Teremos a apresentação de Carne y Arena, de Alejandro G. Inarritu, na sessão de realidade virtual. Iñarritu trabalha com seu parceiro de outros filmes Emmanuel Lubezki para criar o que eles chama de uma instalação experimental de realidade virtual, um filme de seis minutos, baseado em casos reais, e com a intenção de explorar as condições humanos dos imigrantes e refugiados.

Entre os eventos especias para o 70º aniversário, haverá a exibição da segunda temporada da série Top of the Lake: China Girl, de Jane Campion & Ariel Kleiman, da terceira temporada de Twin Peaks, de David Lynch, e ainda de 24 Frames, de Abbas KiarostamiCome Swim, estreia de Kristen Stewart como diretora.

VOCÊ INDICA, EU COMENTO: Dear White People Quando os piratas se voltam contra a Disney

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.