Alok é dos artista brasileiros com maior exposição internacional. O Dj goiano é o único tupiniquim no Top 50 artistas globais do Spotify e já botou o mundo pra dançar ao som de hits como Hear Me Now. Pois um lançamento, feito em parceria com a dupla Sevenn, deu o que falar. Um Remix, para ser mias clara, no que eles chamaram de versão Brazilian Bass de Pelados em Santos, do Mamonas Assassinas.

A faixa foi o maior sucesso da carreira dos Mamonas. Lançada em 1995 chegou a ser a 3ª música mais tocada no país e foi a única para a qual o grupo gravou um clipe.

Quem não curtiu foi o ex-produtor do Mamonas Assassinas. Rick Bonadio resolveu expor sua opinião sobre o remix e detonou a versão, inclusive dizendo que o DJ teria errado um dos acordes da faixa:

Alok gravou um vídeo no Instagram respondendo as críticas.

“Tá vendo, gente? Na verdade, está soando a nota certa, só pode parecer um pouco diferente. E isso é um releitura, a gente tem o diretor de mudar o arranjo e a estrutura, assim como fiz com o remix do Mick Jagger”.

“Essa musica a gente fez com muito carinho, uma homenagem ao Mamonas. A gente abriu mão de todos os direitos [autorais], tudo faturado é direcionado para o Mamonas. Fizemos em consenso com a família do Dinho”.

E ai teve aquele momento tapa com luva de pelica:

“Rick, obrigado pelo marketing. Ao invés de você fazer críticas, vem para o estúdio fazer críticas construtivas, você pode aprender com a gente e nos ensinar muito também. Vem pra cá dar uma atualizada”.

Não teremos Bingo na disputa por um Oscar... Ed Sheeran e Andrea Bocelli: dupla inusitada em Perfect Symphony

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.