A entrevista do presidente Jair Bolsonaro à Antonia Fontenelle já está no Youtube. Apoiadora e eleitora do presidente a apresentadora tocou em diversos assuntos polêmicos como a família da primeira dama, verbas públicas usadas em projetos culturais, escolha do procurador da república, as farpas com Macron e a relação com Sergio Moro, que de acordo com o que ele diz segue ótima, sem problema algum. O presidente usou a frase:

“Estamos quase indo morar juntos”

E atribuiu à imprensa a falsa sensação de que eles estariam estremecidos e que a questão dele ter indicado um nome para superintendência da polícia federal do RJ, que acabou não vingando é completamente normal. O presidente diz que nunca intencionou se impor e que não considera que interfira no trabalho da polícia federal.

Bolsonaro explicou sua lógica sobre a questão da Amazônia, ressaltando que terras indígenas demarcadas travam o desenvolvimento, e que muitos países tem interesse em estabelecer o controle da Amazônia, pois o desenvolvimento do Brasil não lhes é interessante:

“A Amazônia é solução para o mundo, não pode ser problema para nós.”

Sobre o Congresso Nacional ter derrubado um veto dele a respeito da disseminação de fake news, Bolsonaro inclusive mostrou seu desapresso pela figura do deputado federal Kim Karaguiri, a quem chamou de nano deputado.

Outro que não está na lista de amores do presidente é Alexandre Frota. Antonia bem que tentou puxar o assunto da saída do deputado federal do PSL, partido do presidente e pelo qual foi eleito, mas Bolsonaro desviou o assunto dizendo que preferia não comentar a respeito.

Sobre a facada, Bolsonaro esclareceu que na sua opinião não foi o episódio que o elegeu:

 

 

Mindhunter SO2: CHARLES MANSON e mais serial killers assustadores Churrasco de baleia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.