Vamos lá? Desde 2003, a Mars Express foi enviada pela Agência Especial Europeia (ESA) e circunda o planeta vermelho colhendo dados para os estudiosos. Agora, a interpretação de imagens de radar enviadas entre maio de 2012 e dezembro de 2015 por pesquisadores italianos indicam presença de água líquida em Marte.

O que se reportou no estudo dos pesquisadores do Instituto Nacional de Astrofísica da Itália, publicado na revista Science, é que a água estaria apresentada na forma de um reservatório sob camadas de gelo na região polar sul do planeta vermelho.

E como essa água estaria líquida, mesmo que exposta a temperaturas baixíssimas? Pela pressão exercida por toda essa camada de gelo ( que pelo que eu entendi não é apenas o nosso gelo, que derrete e vira água, mas também uma espécie de gelo seco) e por sais ( daí a versão de que seria água salgada) que existem também na composição dessas camadas. Essa combinação daria a possibilidade real de um derretimento, mesmo que em baixa temperatura, que estaria retratado nas imagens do radar. Sobre os sais encontrados em Marte, sabe-se por exemplo que existe um específico, que pode baixar a temperatura de congelamento da água de 0º C, para -75º C. Ali, onde acharam a mancha de água a temperatura é de -68 ºC.

Pelas imagens, o que se entende é que a extensão seria de 20 quilômetros, mas ainda não se entendeu completamente qual a profundidade do lago.

E ai você me diz: mas a Nasa já não tinha descoberto evidências de água em Marte? Em 2002, eles divulgaram um estudo que falava sobre o destino dos oceanos que uma vez existiram na superfície daquele planeta. Depois de recolher dados com a sonda Mars Odyssey, a agência espacial dos Estados Unidos divulgou acreditar que existia gelo suficiente no subsolo marciano para recobrir toda a superfície do planeta com água, se derretido. Observem, gelo, e não água líquida. Essa era uma das questões: as baixas temperaturas do planeta.

Em 2015, a Nasa teve mais evidências da existência de água. A sonda MRO (Mars Reconnaissance Orbiter) pode detectar água líquida e salgada durante os meses mais quentes do planeta vermelho. Depois se falou que poderia ser apenas areia.

Em 2013, a sonda Curiosity trouxe outros indícios da existência de água em Marte, mas na forma de moléculas de água ligadas a minerais do solo marciano. E por que ter água é tão importante?Acontece que a água é mais que necessária para que se exista vida, assim, a descoberta de que existe água por lá, em sua forma líquida, dá esperança de que existam organismos vivos e de que organismos vivos possam existir por lá. Entende?

Cineminha? Tom Cruise em perseguições e jovens se reencontrando em filme nacional Vibes Paul McCartney pra vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.