Ontem, em Indaiatuba, foi sepultado o corpo do cantor Tales Volpi Fernandes, de 25 anos, conhecido como MC Reaça. O músico foi encontrado morto na margem da rodovia D. Pedro I, em Valinhos, no que foi registrado pela Polícia Civil como “possível suicídio”, já que ele estava pendurado por uma corda em uma árvore. As circunstâncias da morte do músico serão investigadas e um laudo preliminar sobre a causa do óbito deve ser entregue ainda esta semana.

Horas antes, ele teria agredido uma mulher com quem mantinha um relacionamento extraconjugal , e que teria lhe contato estar grávida. A família da jovem, de 28 anos que está internada com ferimentos no rosto e fratura em dois pontos do maxilar, acusou-o formalmente de agressão. O próprio cantor teria ligado para seu pai e madrasta relatando o acontecido. O caso foi registrado na Polícia Civil de Indaiatuba.

O presidente Jair Bolsonaro, seus filhos e aliados publicaram mensagens no Twitter, no domingo, em que lamentavam a morte do Mc Reaça. Mesmo posteriormente às informações sobre a agressão serem publicadas pela imprensa, não houve quem comentasse o fato.

“Tales Volpi, conhecido como MC Reaça, nos deixou no dia de ontem. Tinha o sonho de mudar o país e apostou em meu nome por meio de seu grande talento. Será lembrado pelo dom, pela humildade e por seu amor pelo Brasil. Que Deus o conforte juntamente com seus familiares e amigos”

Sobre a mensagem do presidente, a mãe da jovem agredida pelo cantor comentou ao G1:

“É outro caso né. O MC Reaça não se mistura com o namorado da minha filha. São dois casos isolados”

A mãe da mulher contou ainda que a jovem cogitou a hipótese de estar grávida durante as agressões, mas que feito teste ao dar entrada no hospital e deu negativo.

A Polícia Civil de São Paulo investiga um áudio que circula pelas redes sociais atribuído a Tales Volpi. Além de se despedir de quem ele nomina como “amor da minha vida”, no áudio ainda é dito:

“E se a Lídia não perder o bebê, ajuda ela, por favor. Tá? Brigado. Agradece a tua família por tudo, de verdade. Você é forte, amor. Mas eu não sou, tá? Eu tô indo nessa. Tá na hora de eu fazer minha viagem. Eu não sei o que vou encontrar do outro lado”.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, também publicou uma foto em que aparece ao lado do músico, fazendo o gesto de “arma” com as mãos, durante um ato de campanha em Campinas, no ano passado.

Foram do funkeiro os versos:

Dou pra CUT pão com mortadela
E pras feministas, ração na tigela
As mina de direita, são as top mais bela
Enquanto as de esquerda tem mais pelo que cadela

Bolsonaro salta de paraquedas
Bolsonaro capitão da reserva
E o Bolsonaro casou com a Cinderela
Enquanto o Jean Wyllys só tava vendo novela

Maria do Rosário não sabe lavar panela
Jandira Feghali nunca morou na favela
Luciana Genro apoia os sem terra
Mas não dá o endereço pra invadirem a casa dela

Essa juventude só se degenera
Pega o Paulo Freire e manda pra estratosfera
Um Brasil pra frente é o que o povo espera
Vamo distribuir livro do Olavo pra galera

Ciro Gomes baita Zé ruela
Lula preso dentro de uma cela
Paga de comuna e mente a vera
Mas vai pra Nova York quando pode a Manuela

Bolsonaro salta de paraquedas
Bolsonaro capitão da reserva
E o Bolsonaro casou com a Cinderela
Enquanto o Jean Wyllys só tava vendo novela

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), divulgou um vídeo em que MC Reaça pede, recitando versos, a eleição de Bolsonaro.

Recomendação de séries: Fleabag, Disque Amiga Para Matar e After Life Atualizações do caso Neymar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.