Demi-Leigh Nel-Peters, de 22 anos, foi coroada Miss Universo neste domingo, na tradicional disputa sediada em Las Vegas. A 66ª edição do concurso, contou com shows de Fergie e Rachel Platten, reuniu 93 participantes, incluindo pela primeira vez representantes do Camboja, Laos e Nepal. 

A nova Miss Universo é formada em Administração de Empresas e durante a competição disse que sua meia-irmã, que é deficiente, é uma das pessoas que mais a inspiram. A vencedora descreveu a figura da Miss Universo:

“uma mulher que supera muitos medos e por isto é capaz de ajudar os outros a superar seus medos também”.

Introducing the winner of the 2017 #MissUniverse Competition…South Africa! Congratulations Demi-Leigh Nel-Peters!👑

Uma publicação compartilhada por Miss Universe (@missuniverse) em

Em segundo ficou a candidatas da Colômbia, Laura Gonzáles e em terceiro ficou a miss Jamaica, Davinia Bennett.

O humorista americano Steve Harvey foi o apresentador, ele que em 2015 marcou a história do Miss Universo por um erro surreal: anunciou a vitória da Miss Colômbia, quando a vencedora havia sido a Miss Filipinas:


A brasileira Monalysa Alcântara, 18, se classificou entre as dez semifinalistas de 2017, mas não avançou para a etapa seguinte do concurso. Este foi o melhor desempenho do nosso país nos últimos anos do concurso. Monalysa é terceira miss negra e primeira candidata do Piauí a conquistar a faixa de miss Brasil. Nosso país não ganha a competição ha 49 anos. A última brasileira a vencer foi a baiana Martha Vasconcellos, em 1968. Já em 1963, venceu a gaúcha Iêda Maria Vargas.

Noivado real: príncipe Harry e a atriz Meghan Markle estão oficialmente noivos Quer dar seu tchau para Ozzy Osbourne?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.