Aos 8 anos, a garota sueca Greta Thunberg ouviu falar pela 1ª vez sobre aquecimento global. Foi então que sentiu a falta de ação dos adultos. Seu temor em relação ao meio ambiente se somou a outros que a levaram a um período depressivo, em que deixou de ir à escola. Aos 11 anos foi diagnosticada com Asperger, o que, como ela mesma explica, molda seu modo de agir e interpretar o mundo.

Pesquisando sobre o tema da crise climática, mobilizada por isso, a estudante começou em 2018 a deixar de ir para a escola nas sextas para protestar em frente ao parlamento. Assim nascia o movimento Fridays For Future, centrado inicialmente na mobilização dessa garota, e mais tarde espalhado pelo mundo com o apoio das redes sociais.

Nesta última sexta, dia 20, aconteceu em vários pontos do mundo a terceira greve global que visa chamar a atenção para a crise climática.

Ontem, aos 16 anos, a garota repercutiu mundialmente por seu discurso na abertura da Cúpula do Clima, na sede das Nações Unidas.

“Minha mensagem para os líderes internacionais é de que nós estaremos de olho em vocês.

Isto está completamente errado.

Eu não deveria estar aqui. Eu deveria estar na minha escola, do outro lado do oceano.

E vocês vêm até nós, jovens, para pedir esperança. Como vocês ousam?

Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias. E ainda assim, eu tenho que dizer que sou uma das pessoas com mais sorte (nesta situação).

As pessoas estão sofrendo e estão morrendo. Os nossos ecossistemas estão morrendo.

Nós estamos vivenciando o começo de uma extinção em massa. E tudo o que vocês fazem é falar de dinheiro e de contos de fadas sobre um crescimento econômico eterno.

Como vocês se atrevem?

Por mais de 30 anos, a ciência tem sido muito clara. Como vocês se atrevem a continuar ignorando isto?

E como se atrevem a vir aqui e dizer que estão fazendo o suficiente? Quando sabemos que as políticas e as soluções necessárias não são sequer vistas?

Vocês dizem que estão nos escutando e que compreendem a urgência (deste tema).

Mas não importa tão triste e furiosa eu esteja, eu não quero acreditar no que dizem. Se vocês realmente entendem o que está acontecendo e continuam falhando em agir, vocês seriam um mal. E eu me recuso a acreditar nisso.”

Depois da participação da garota, viralizou a cena em que Thunberg e Trump se cruzaram. A adolescente olhando, julgadora, para o presidente cético sobre as mudanças climáticas,enquanto ele passava com sua comitiva.

Trump usou o Twitter para comentar o discurso de Greta. 

“Ela parece uma jovem muito feliz, ansiosa por um futuro brilhante e maravilhoso. Tão bom ver!”

 

Além de discursar, Greta e mais 15 jovens de diferentes partes do mundo apresentaram uma queixa formal na Unicef, o braço das Nações Unidas para a infância, contra a falta de ação de governantes contra a crise climática. A denúncia cita cinco das maiores economias do mundo (Alemanha, França, Brasil, Argentina e Turquia), e alega que os países estão violando os direitos humanos dos jovens ao não adotarem medidas adequadas contra as mudanças climáticas. Na petição, crianças de 12 diferentes países do mundo dão seus depoimentos sobre como as mudanças climáticas estão afetando suas vidas.

A brasileira Paloma Costa, ambientalista de 27 anos e coordenadora de clima da ONG Engajamundo, também denunciou a falta de ação das potências mundiais no combate à mudança climática e desmatamento:

“Eu vi o mundo inteiro rezar por nossa floresta e nossos indígenas rezando para sobreviver. Nós não precisamos de rezas, precisamos de ações. E a reposta que estamos vendo não é suficiente. Então eu me pergunto, precisamos ver a Amazônia queimar para começar a fazer alguma coisa? Eu acho que não.”

Muitos apoiam Greta, apoiam a causa ambiental. Outros criticam. Alguns acreditam que até a história da garota, que chegou a ser indicada para o Nobel da Paz, possa ser uma fraude.

“Greta Thunberg (as pessoas que a usam como escudo humano infantil para sua propaganda histérica) apresentou uma queixa junto à ONU contra 5 países por não impedir a mudança climática. A China – o maior poluidor do mundo – não é um deles. Greta Thunberg é uma fraude.”

“O medo dos conservadores nunca foi tão claro quanto em como eles estão atacando Greta Thunberg, de 16 anos. Eles sabem que ela é uma voz eficaz. Ela os assusta. Imagine ter medo de um jovem de 16 anos por reafirmar o que os cientistas disseram há décadas.”

 

Tudo que você precisa sobre sobre o Emmy 2019 Coringa provoca discussão sobre violência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.