A gente sempre esteve de olho nessa estrela, né? Pais sabem dessa potência, que bate qualquer fandom! Me fala uma adolescente que consiga ter o tempo de uma criança para ouvir repetidamente sua faixa preferida? Galinha Pintadinha é ícone, queridos, e uma pesquisa da empresa de inteligência estratégica para desenvolvimento de audiência Playax, é apontada como a artista mais popular do Brasil hoje.

Esse é um serviço de medição novo, que conta o desempenho dos artistas nas rádios e TVs, e também nas plataformas digitais de consumo de música, como Spotify, YouTube, Deezer, Shazam e etc.

Com métricas que dão pesos diferentes para cada uma dessas plataformas, eles afirmam que conseguem acertar na quantificação do alcance de público e menções em redes sociais, resultando numa nota final para cada artista que determina sua popularidade geral.

Nesta última semana de julho, que fecha amanhã, a Galinha é number one, seguida de Zé Neto e Cristiano, Marília Mendonça, Anitta, Jorge e Mateus e Wesley Safadão. Sabe quantas execuções para nossa amiga e sua gangue ( sim porque tem o galo carijó, a barata, o pintinho amarelinho e tals) no YouTube? Mais de 54 milhões e 700 mil execuções da Galinha Pintadinha, essa musa que tem 3 milhões de seguidores a mais que Anitta, por exemplo ( um total de mais de 12 milhões!).

Ai você me pergunta: mas gente, Galinha Pintadinha não toca nas rádios. Verdade… Foram apenas 21 execuções dos hits, enquanto Marília Mendonça, a líder, soma 49 mil e 500 vezes que músicas suas tocaram. Enfim… Não se pode ter tudo.

RELEMBRE

Criada em 2006, a animação pode ser vista no aplicativo da Galinha Pintadinha e nas principais plataformas de streaming, como Netflix, Playkids e NetNow. Apenas no ano passado, a personagem rendeu R$ 371 milhões em vendas no varejo brasileiro, com cerca de 600 produtos licenciados, como brinquedos, jogos, pelúcias, CD, DVD, Bluray, aplicativos para smartphones e tablets, roupas, calçados, acessórios, material escolar, artigos para festas, papelaria e produtos alimentícios. E olha que esses produtos não estão sendo vendidos apenas no Brasil, mas também em Portugal, Espanha, Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Uruguai e México.

 

3 Chaves para o sucesso da Galinha

  1. O estilo música + animação não é exatamente uma novidade. Mas com o advento da internet, e a possibilidade de se ver os vídeos em todo lugar, somados ao fator hipnótico da combinação para a faixa etária à que são destinados os vídeos, resultaram numa fórmula pioneira que age como que uma chupeta eletrônica, captando a atenção de crianças até quatro anos.
  2. Pais se sentem seguros com o conteúdo exposto, pois estão familiarizados com muitas das canções que são apresentadas. Muitas delas inclusive, fizeram parte da infância desses pais, que agora retomam letras e melodias até mesmo orientados pelo esquema karaokê apresentado em cada vídeo.
  3. Como porta de entrada para o conteúdo digital na vida desses minis que nasceram em tempo de internet, a Galinha soube se multiplicar através da criação de vários personagens, ampliando seu universo. Mais ou menos o que fez Maurício de Souza com a Turma da Mônica, que depois ganhou derivados.
Cineminha? Venha cantar com Mamma Mia e Ana Vitória, e ainda espie um filme uruguaio que poderia ter concorrido ao Oscar Charlie Sheen quer pagar menos pensão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.