Pois é o que diz David Zindel, filho do escritor vencedor do Pulitzer, Paul Zindel (1936-2003). Ele diz que a trama é “claramente inspirada” na peça Let me hear you whisper, lançada pelo pai em 1969.

Vocês sabem que A forma da água, filme escrito e dirigido por Guillermo del Toro  conta com o maior número de indicações para o Oscar 2018, são 13 no total, incluindo melhor roteiro original. Em comunicado enviado ao “Guardian”, o filho do autor disse:

“Estamos chocados que um grande estúdio tenha feito um filme obviamente derivado do trabalho do meu pai sem qualquer tipo de reconhecimento ou pedido de aquisição dos direitos. Muitas pessoas vieram comentar com a gente que ficaram impressionadas com as substanciais semelhanças. Nós somos muito gratos aos fãs de Paul Zindel por chamar nossa atenção sobre o caso”.

Se você ainda não viu o filme de Del Toro, a história é de uma faxineira muda, interpretada por Sally Hawkins que se apaixona por uma criatura aquática desconhecida mantida em cativeiro em uma instalação governamental.

SPOILER: O primeiro vínculo entre ela e a criatura é estabelecido através de comida. E ao perceber que a criatura será sacrificada, ela elabora um plano para salvá-la, e para isso usa no plano o carrinho de roupa suja da lavanderia.

Na peça de Zindel, temos uma protagonista que também é faxineira e que também se apaixona por uma criatura aquática em uma instalação governamental, só que de monstruosa não tem nada, porque é um golfinho. Ela não é muda, ganhar a confiança do animalzinho com comida e também elabora um plano de fuga usando carrinho de roupa suja da lavanderia.

[Gente. Em todos os filmes que tem, inclusive ET, as pessoas usam comidas para se aproximar de criaturas… E o carro da lavanderia é uma forma bastante usada também pra fuga… em tudo quanto é filme. ]

Em comum ainda foram identificadas: a ajuda de uma amiga para plano de fuga, e uma cena em que a protagonista dança com um esfregão para distrair a criatura.

O estúdio Fox Searchlight já se manifestou:

“O sr. del Toro tem uma carreira de 25 anos durante a qual fez dez longa-metragens e sempre foi bem aberto ao comentar suas influências. Se a família Zindel tive qualquer dúvida sobre este trabalho original, nós estamos abertos a conversar com eles”

 

 

Cineminha? Dois indicados ao Oscar e novo filme de Matt Damon Fechou: Teremos Gretchen com Katy Perry no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.