Polêmica na Espanha. A ideia era restaurar uma escultura espanhola do século 16, mas simplesmente acabou-se com a arte. São Jorge foi amadoramente recolorido e o resultado provocou uma onda de indignação.

O equívoco aconteceu na obra que fica dentro da Igreja de San Miguel de Estella, em Navarra. Ali, São Jorge estava meio gasto, sujo talvez, mas seguia pleno, vestindo sua armadura e lutando contra um dragão. O autor do extreme makeover foi um pároco, que queria “arrumar um espaço que estava sujo”.

Sabe aquela pigmentação original, de uma obra de 500 anos de idade? Foi sobre posta resultando nessa belezura aqui:

O dano à escultura de relevante valor histórico parece ser irreversível.

Vocês bem devem se lembrar de um outro caso maravilhoso, quando o Ecce Homo, um afresco do século 19 que retrata Jesus, foi repintado por uma idosa espanhola que tinha, claro, ótima intenção:

 

Atriz Jenniffer Oliveira denuncia Douglas Sampaio por agressão Cineminha! Finalmente, Os Incríveis 2 <3 Tem também Amy Shumer e continuação de Sicário: Terra de Ninguém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.