Posts Tagged:ethan hawke

Estreia hoje o filme que premiou Sofia Coppola como a melhor diretora em Cannes. O Estranho Que Nós Amamos fez da filha de Francis Ford Coppola a segunda mulher da história do festival, que em seus 70 anos só havia premiado uma mulher nessa categoria, a soviética Yuliya Solntseva, em 1961, por The Chronicle of Flaming Years. A produção é

Refilmar é sempre um risco. Principalmente quando mexemos com clássicos do cinema, como o faroeste Sete Homens e um Destino (1960). Estrelado por  Yul Brynner, Steve McQueen e Charles Bronson.  O consolo é que mesmo este daí é uma refilmagem, e olha que de um gigante: Akira Kurosawa, e seu Os Sete Samurais (1954) Já digo