O nono episódio da oitava temporada de The Walking Dead foi um ensaio sobre a partida de um dos personagens mais importantes da saga apocalíptica. Sabemos que o público espera a briga de fato, entre Rick (Andrew Lincoln) e Negan (Jeffrey Dean Morgan), mas acho que todos se sentiram bastante confortáveis em retornar para um episódio que se despede de vez de quem basicamente cresceu entre zumbis.

Muitos enxergaram nesse novo ponto de partida, a volta ao que fazia de The Walking Dead uma trama interessante: a investigação da humanidade de cada um, dentro de um cenário bizarro, e não apenas a briga de um grupo de sobreviventes aqui, com outro de lá, claro que sempre cercados pelos zumbis.

Se Rick é nosso herói que precisa de sucessor, e sabemos bem que o filho não mais o será, a passada de chapéu do irmão para a garotinha Judith, até então escondida na trama pode sinalizar novos horizontes para trama.

Lembrando que estamos retornando do meio da oitava temporada e que o próximo episódio, o décimo,  vai ao ar em 4 de março, pela Fox.

M**** F ***** denunciaz z z z z z Ministério Público de NY pressionou, e agora a Weinstein Company declara falência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.