Eis que no primeiro dia do ano fomos surpreendidos com a data da estreia da terceira temporada de Stanger Things, da Netflix. 

“Tudo pode mudar em um verão. Stranger Things 3 estreia em 4 de julho de 2019.”

O primeiro teaser  mostra uma transmissão do réveillon de Nova York em um programa de TV dos anos 80.

O lance todo vai se passar no verão de 1985, claro que em Hawkings. Também foi divulgado um primeiro cartaz da nova temporada, que mostra Eleven (Millie Bobby Brown) e Mike (Finn Wolfhard) de mãos dadas, e todos os outros personagens xovens observando fogos de artifício. Lembrem-se que a temporada anterior aconteceu em 1984, e terminou no baile escolar… Mas com um vislumbre de que no Mundo Invertido, o Devorador de Mentes segue bastante vivo, e pronto para atacar. Claro que nessa terceira temporada, devemos nos aprofundar ainda mais nesse terreno ainda pouco conhecido. Depois do desaparecimento de Will, e das descobertas sobre o que foi feito em experimentos ( origens de Eleven) na segunda temporada, agora é hora de entender um pouco mais sobre o tal do Mundo Invertido.

Outras pistas nos foram dadas com os nomes dos episódios:

Sabemos também que haverá na trama um shopping recém-inaugurado, o Starcourt Mall… E que teremos alguns nomes novos no elenco como Maya Hawke, Jake Busey e Cary Elwes.

E por falar em Netflix, a empresa retirou um episódio de um programa de comédia depois de uma reclamação do reino da Arábia Saudita. O episódio em questão faz parte do especial Patriot Act with Hasan Minhaj, e nele o comediante americano de origem muçulmana e indiana critica a Arábia Saudita após o assassinato do jornalista do Washington Post Jamal Khashoggi. O humorista critica especialmente o príncipe herdeiro Mohamed Bin Salman e a campanha militar liderada pelos sauditas no Iêmen.

O pedido do reino, para retirar o episódio diz, sem detalhar, que  o vídeo violaria uma lei contra o crime cibernético. A Netflix respondeu com um comunicado:

“Apoiamos firmemente a liberdade artística em todo o mundo e só eliminamos este episódio na Arábia Saudita depois de termos recebido uma solicitação legal válida e a fim de cumprir a lei local”

 

Michelle, a Bolsonaro favorita Trump <3 Bolsonaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.