Pelo trailer, pela sinopse… Eu estava mesmo pensando que 3%, de César Charlone, era daquelas coisas surreais. E é, de certa forma, pois trata de um futuro distópico ao mesmo estilo Jogos Vorazes, quando jovens que atingem os 20 anos tem a possibilidade de mudar para o lado bom do mundo, chamado de Maralto, abandonando as mazelas do Continente. Minha impressão, antes de começar a assistir à série, era de que estaríamos ligados e intrigados na trama desses jovens que passariam por uma série de testes para se classificarem entre os 3% .

joaomiguel3-1140x545

Isso é o que esperava. Rivalidade entre esses jovens, alguns éticos, outros nem tanto… Mas ao assistir ao primeiro e ao quinto episódio
(OBRIGADA NETFLIX) posso dizer com segurança que 3% tem algo a mais a nos oferecer. Não é aquele profusão de edições e infinidade de acontecimentos que alimentam as séries americanas. Não são os efeitos visuais e projeções futuristas, que foram bem resolvidos, mas podem ser resumidos como minimais. 3% tem Bianca Comparato, uma jovem e ótima atriz, mas tem principalmente João Miguel. E seu personagem, Ezequiel, o cara que controla o Processo, é quem deverá envolver o público. Aposto nisso. Não quero dar spoiler, e em breve farei vídeo no canal sobre a primeira temporada de 3%.

Cineminha? Elis chega aos cinemas e encara o novo filme de Tom Cruise, uma ficção de Denis Villeneuve e a produção Disney, Rainha de Katwe Direto do Sofá: Designated Survivor tem ação, emoção e intriga!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.