Donald Trump enfrenta o início de um processo de impeachment. A questão diz respeito a uma denúncia de que o presidente americano teria pedido que o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, investigasse o ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden e seu filho, ele que é pré-candidato democrata à Casa Branca nas eleições de 2020, o que  caracterizaria a conversa como um pedido para interferência estrangeira na disputa eleitoral dos EUA.

Ontem, Trump usou o Twitter para disparar contra os que o acusam:

“Esses esquerdistas radicais, democratas que não fazem nada, estão causando grandes danos ao nosso país. Eles estão mentindo e trapaceando como nunca antes na história de nosso país, a fim de desestabilizar os Estados Unidos da América e sua próxima eleição 2020. Eles e a mídia falsa são perigosos e ruins!”

“Como todo americano, mereço conhecer meu acusador, especialmente quando esse acusador, o chamado “Denunciante”, representou uma conversa perfeita com um líder estrangeiro de uma maneira totalmente imprecisa e fraudulenta. Então Schiff [ deputado democrata que preside a comissão da Câmara responsável pelo impeachment, Adam Schiff] inventou o que eu realmente disse mentindo para o Congresso …”

“Suas mentiras foram feitas da maneira mais flagrante e sinistra já vista na grande Câmara. Ele escreveu e leu coisas terríveis, depois disse que eram da boca do Presidente dos Estados Unidos. Quero que Schiff seja interrogado ao mais alto nível por Fraude e Traição …”

“…. Além disso, quero conhecer não apenas meu acusador, que apresentou INFORMAÇÕES DE SEGUNDA E TERCEIRA MÃO, mas também a pessoa que ilegalmente forneceu essas informações, que estavam em grande parte incorretas, ao “Denunciante”. o presidente dos EUA? Grandes conseqüências!”

O delator, identificado como um agente da CIA pelo jornal The New York Times, está sob proteção federal, pois teme pela sua segurança. Seu nome não foi revelado. Hoje, Trump segue tuitando sobre o assunto:

“A maior caça às bruxas da história do nosso país!”

“Mais uma vez, o Presidente da Ucrânia disse que não havia pressão (zero) sobre ele por mim. Caso encerrado!”

Uma pesquisa realizada pela empresa YouGov divulgada ontem pela CBS mostra que 55% dos americanos é favorável à abertura de um processo de impeachment contra o presidente dos EUA. Ainda entre os resultados, 42% disseram que Trump merece sofrer o impeachment por causa deste caso, mas 36% são contra e outros 22% declararam que ainda é cedo para responder. Segundo a pesquisa divulgada pela CBS, apenas 23% dos republicanos apoiam a abertura do processo de impeachment contra Trump. Entre os democratas, o apoio é de 87%. A margem de erro é de 2,3 pontos percentuais.

Drake e o Brasil Luana Piovani: dava um trabalho ser cidadã no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.