Joker, de Todd Phillips, venceu a 76.ª edição do festival de Veneza e recebeu, n sábado, o Leão de Ouro! Para quem estranha a presença de um filme, digamos assim hollywoodiano na seleção oficial, é importante entender o movimento feio pelo diretor da Mostra, Alberto Barbera, para escolher especialmente para a abertura da mostra competitiva, um filme desse sem cara de festival. Sabe?

Acontece que Joker acabou não só chamando a atenção do público e da imprensa, mas também conquistando o juri presidido pela cineasta argentina Lucrecia Martel. É inegável: o filme de Todd Phillips, protagonizado por Joaquin Phoenix, arrebatou críticos e público, com direito a ser aplaudido de pé ao final da sessão. Será que já é favorito ao Oscar? Penso que para melhor ator, SIM!

Muitos foram os atores que viveram na tela cinza o personagem Coringa, da DC Comics. O inimigo do Batman já foi interpretado por Jack Nicholson, Heath Ledger ( que ganhou um Oscar póstumo pela atuação) e recentemente por Jared Leto.

O filme estreia no Brasil em 03 de outubro. Sombrio, apresentará uma versão para a origem do personagem, tratando de desigualdade social e saúde mental em uma Gotham em plena crise econômica, entre as décadas de 1970 e 1980. Arthur Fleck (Phoenix) vive de fato um palhaço durante o dia, enquanto tenta a carreira de comediante à noite. Ele ainda sofre de uma síndrome que faz com que ele tenha crises de risadas incontroláveis…

Todd Phillips é o responsável pela franquia Se Beber Não Case. Joaquin Phoneix foi indicado três vezes ao Oscar, ganhou o Globo de Ouro por sua atuação em Jonhny and June, em que interpreta Johnny Cash.

RESUMÃO ELITE: O que rolou na 1ª temporada e o que vem na 2ª Jogue fora sua misoginia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.