Em ato a favor de Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável, disse:

“As mulheres de direita são muito mais bonitas do que as de esquerda. Não mostram o peito na rua e não defecam para protestar. Ou seja, as mulheres de direita são muito mais higiênicas que as da esquerda.”

Eis que sua ex namorada, e cadidata a Deputada Federal, Patrícia Lélis resolveu responder:

View this post on Instagram

Em discurso na avenida Paulista, em São Paulo, Eduardo Bolsonaro disse que “as mulheres de direita são mais bonitas que as da esquerda, elas não mostram os peitos e nem defecam nas ruas, elas são depilada, as mulheres de direita têm mais higiene” e como se não bastasse, ele ainda afirmou que as mulheres de esquerda não merecem respeito. Eduardo, as mulheres devem ser respeitadas independentes de suas posições políticas, independente se são adeptas da depilação ou não, as mulheres devem ser respeitadas além de seus corpos, e é uma pena que apenas uma partes das mulheres consigam enxergar o quanto seu discurso é machista, opressor, misogino e elitista. Eu conheci você de perto, sei o quanto você é desrespeitoso e trata as mulheres como objeto e entende a nós padronizar, sei também que é fácil se esconder atrás deste discurso esteriotipado, pois bem, eu estou aqui hoje, totalmente depilada para dizer #OsFilhosTambémNão #EleNão #ElaSim9085 Foto: @marirosarosa

A post shared by Patrícia Lélis 🇧🇷 (@patricialelis) on

Patrícia Lélis já fez denúncia contra o pastor e deputado federal Marco Feliciano por abuso sexual. Em abril deste ano, ela voltou à Justiça, contra Eduardo Bolsonaro, mostrando troca d emensagens em que ele a ofende e também faz ameaças. 

 “Sua otária. Quem você pensa que é? Se falar mais alguma coisa, eu acabo com sua vida”

O deputado foi informado que estava sendo gravado, e respondeu:

“Vai par o inferno. Puta. Você vai se arrepender de ter nascido. O aviso está dado. Mais uma palavra, e eu vou pessoalmente atrás de você. Num pode me envergonhar, vagabunda”

Eduardo Bolsonaro foi Intimado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para se manifestar sobre o caso. Depois de não eleger um adbogado, foi determinado na última quarta-feira, pelo o ministro Luís Barroso, que Eduardo Bolsonaro se apresente pessoalmente para repsinder `as acusações.

Kanye em mais uma polemiquinha A difícil segunda temporada de Ozark

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.