Pois é isso mesmo: um grupo de assessores do PT na Câmara levou o prêmio de R$ 120 milhões da Mega-Sena. Foram 49 cotas no bolão, sendo que cada cota reverte em R$ 2,4 milhões. Parece que o grupo reúne apenas  pessoas da área técnica da liderança do PT na Câmara dos Deputados.

Em informação da Folha de São Paulo, um motorista do partido teria adquirido seis cotas, o que significa que deve embolsar R$ 15 milhões.

E como que essa notícia se espalhou tão rapidamente? Acontece que logo depois de ter sido divulgada que a aposta vencedora tinha sido feita em Brasília, na Câmara, que estava sendo votado um projeto de minirreforma eleitoral entrou em frenesi. Ali começaram as comemorações, no plenário e em corredores próximos à liderança do PT.

O deputado Kim Kataguiri foi um dos que repercutiu a novidade:

“Eu quero aqui parabenizá-los e agradecer pelo PT ficar um mês sem liderança, sem obstruir o plenário. Vai ser uma maravilha agora a votação. E eu quero ver se o pessoal vai socializar esse dinheiro aí ou se vai ficar só na liderança do PT”.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia respondeu:

E ainda teve o deputado Aliel Machado:

“Me parece aqui que o PT vai mudar de orientação e não quer mais taxar grandes fortunas. Parece que o PT vai querer ficar com as fortunas. E a gestão Bolsonaro vai ter que pagar para o PT a Mega-Sena. Eu proponho até que ele [o presidente Jair Bolsonaro] faça um cheque simbólico e venha entregar pessoalmente nesta casa.”

Na internet, o assunto está entre os mais comentados do Twitter:

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub também comentou o assunto:

Cineminha? Rambo, história recheada por músicas de Bruce Springsteen e terror aguardadíssimo Vale a pena ver CARNIVAL ROW? Entenda a história de fadas, assassinatos e mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.