Muito provavelmente você cruzou com as fotos dos milhares de peixes-pênis encontrados na praia de Drakes Beach, na Califórnia, agora em 6 de dezembro. Depois de uma tempestade na região o fenômeno, que já ocorreu em anos anteriores em outras praias, despertou espanto na internet. Eu mesma, quando vi a foto, cheguei a achar que estava rolando um nude em close na timeline.

 

O Peixe-pênis, ou “verme gordo hospedeiro”, é um tipo de verme marinho invertebrado. Eles vivem em tocas, no fundo do mar, e acabam arrastados para a praia quando ocorrem fortes tempestades. Vivem por até 25 anos e são criaturas inofensivas e passivas. Alimentam-se de plâncton e outras partículas menores, que capturem por uma espécie de rede gosmenta produzida pelo próprio peixe-pênis quando quer se alimentar. O nome científico? Urechis caupo. As quatro espécies de Urechis caupo habitam regiões dos Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul e China.

View this post on Instagram

SHOOK 😳 Thousands of these marine worms—called fat innkeeper worms, or “penis fish”—were found on Drake’s Beach last week! These phallic organisms are quite common along the West coast of North America, but they spend their whole lives in U-shaped burrows under the sand, so few beachgoers are aware of their existence. ⛈🌊 A recent storm in Northern California brought strong waves that washed away several feet of sand from the intertidal zone, leaving all these fat innkeeper worms exposed on the surface. 🏖 Next time you go to the beach, just think about the hundreds of 10-inch, pink sausages wiggling around just a few feet under the sand. 🙃 . . Get the full story in our new #AsktheNaturalist with @california_natural_history via link in bio! (📸: Beach photo courtesy David Ford; Worm photo by Kate Montana via iNaturalist)

A post shared by Bay Nature Magazine (@baynaturemagazine) on

Esse bicho, que existe há 300 milhões de anos é inclusive comestível. Parece que na Asia é considerado uma iguaria:

 

#JPnoChairChallenge: Você já testou? O ativismo de Jane Fonda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.