A Parada LGBT de São Paulo, considerada a maior do mundo, definiu “Democracia” como eixe de discussão para este ano. Os temas são apresentados por membros da sociedade civil e votados pelos membros da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. Foram 10 votos a favor, oito contra e uma abstenção. Segundo os organizadores do evento, a escolha é justificada:

“Tendo em vista todo o cenário político e social, e com o desmonte na área da saúde, na educação e na cultura, que não atinge só a comunidade LGBT e, sim, toda a sociedade”

Outro tema que concorria era HIV e aids, que ficou definido para o ano que vem, quando marca 40 anos do início da epidemia da doença no mundo. No ano passado, foram celebrados os 50 anos de Stonewall, em referência a revolta dos frequentadores LGBTI+ de um bar nova iorquino que, na década de 1960, resistiram a uma batida policial, provocando uma série de manifestações pela diversidade. Em são Paulo, Foram 3 milhões de pessoas e um movimento financeiro de mais de R$ 403 milhões.

 

IZA fala de representatividade e meritocracia Assédio e assédio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.