Vamos começar por Rocketman? O filme musical trata do inicio da carreira de Elton John. Costurado por hits da década de 70 e 80, aborda a infância de Reginald Dwight, que apesar de contar com o descaso do pai e da mãe, que o culpa pelo abandono do marido, se descobre exímio pianista. O jovem ascende ao estrelato sob o nome de Elton John, maravilhosamente interpretado por Taron Egerton. Na tela cinza, principalmente a relação de John com o compositor e parceiro profissional Bernie Taupin, interpretado por Jamie Bell, e com o empresário e ex-amante John Reid, personagem de Richard Madden. Ao contrário do que fez a cinebiografia do Queen, o musical de Elton John parte do que existiu de polêmico, como o vício em drogas, sexo e a bulimia, para investigar as origens da estrela ainda viva. Outro diferencial é que Egerton canta de fato. Sim, sempre bom lembrar que Rami Malek apenas dublou os sucessos do Queen.

MA é um terror que poderia muito bem se encaixar naquele quadradinho do filme adolescente dispensável. Mas um detalhe chama a atenção dos que curtem cinema. A vilã dessa história, a misteriosa MA é interpretada por ninguém menos que Octavia Spencer. A atriz venceu o Oscar e o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante em 2012 pelo ótimo Histórias Cruzadas. Em 2017 foi novamente indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo filme Estrelas Além do Tempo. No ano passado, Octavia se tornou a segunda atriz negra da história a ser indicada três vezes ao Oscar, desta vez pelo seu papel em A Forma da Água. Spencer é a primeira atriz negra da história a ser indicada ao Oscar por dois anos consecutivos.

É em Histórias Cruzadas que mora a intersecção desta grande atriz com esta produção: o diretor é o mesmo, Tate Taylor, também responsável por Get on Up: A História de James Brown

Introduzida a estrela, vamos para a história da trama que começa quando xovens pedem para a personagem de Octavia Spencer comprar bebidas, já que são menores e não podem comprar eles mesmos. Sue Ann então oferece uma barganha ainda melhor: além de providenciar os alcoólicos, os convida para festar em sua própria casa. Mas existem restrições misteriosas sobre a permanência. As festas começam a rolar soltas, mas a relação com a “madrinha” mostra sinais estranhos de possessividade, controle e quem sabe aquela certa psicopatia necessária para um bom terrorzinho. Também no elenco temos Juliette Lewis e Luke Evans.

 

Muita gente aguardando essa batalha de gigantes prometida por Godzilla II: Rei dos Monstros. O filme é a sequência de Godzilla, de 2014, e de Kong: A Ilha da Caveira, de 2017. Este capítulo do que se chamou de MonsterVerse cinematográfico da Warner Bros. Pictures e Legendary tem uma proposta relativamente simples: Godzilla contra alguns dos monstros mais conhecidos da história da cultura pop. No elenco tem um atrativo especial para os fãs de Stranger Things, Millie Bobby Brown, a Eleven.

Uma série para você ver ( Chernobyl) e uma para ignorar (Dilema) Direto do Freakpop: Novas temporadas de Killing Eve, Grey´s Anatomy e a inédita Dilema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.