A equipe de diretores, professores e alunos da Escola Estadual Fernão Dias Paes, no bairro de Pinheiros, em São Paulo, desenvolveu o Projeto Horta e Compostagem em parceria com o Coletivo Pinheiros, a Campanha Sou Resíduo e moradores do bairro. O objetivo principal é transformar resíduos orgânicos gerados na região em adubo e, mais tarde, criar uma horta e, assim, ter acesso a mais alimentos para abastecer a escola.

Para isso, o grupo criou uma página de financiamento coletivo. O orçamento trabalha com quatro metas. A primeira, de R$16.977, prevê melhorias de infraestrutura, Oficina Painel Verde, Oficina Horta Agroecologia, Oficina de Compostagem – Faça seu minhocário, Oficina de automação ou sistema de irrigação para horta ou painel verde, melhorias na sala de oficina, vídeo profissional para financiamento coletivo e mídias digitais e materiais para compostagem. A segunda, de R$11.172,41, contempla bolsas e seguro para quatro estagiários por um período de seis meses.

A terceira, de R$2 mil, inclui Oficina de abelhas sem ferrão, Palestra sobre lixos nos mares, coleta seletiva e separação de resíduos para reciclagem e Oficina de produtos de limpeza naturais e outros itens para reduzir lixo em casa. Por fim, a quarta meta, de R$8 mil, é colocada para iniciar a composteira e horta em outra escola pública. Se não atingir esse valor, o dinheiro arrecadado será doado ao Grupo de Voluntários da Fernão. O projeto pode ser apoiado até a próxima segunda-feira, dia 16 de dezembro.

Atualmente, o resíduo orgânico gerado no entorno da escola vai, em sua maioria, para os aterros e grandes lixões. A ideia do projeto é realizar melhorias na escola e oficinas de horta, compostagem, painel verde entre outras iniciativas citadas acima, ao longo de 2020, em uma tentativa de reverter o cenário atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *