A Anistia Internacional encomendou uma pesquisa chamada “Futuro da Humanidade” para a Ipsos MORI que tinha, como principal objetivo, identificar quais são as preocupações atuais de jovens ao redor do mundo em relação ao planeta e a seus próprios países. O estudo ouviu mais de dez mil pessoas, com idades entre 18 e 25 anos, de 22 países – inclusive o Brasil – e concluiu que a principal preocupação deles na atualidade é a emergência climática.

Os jovens consultados receberam uma lista com 23 questões alarmantes e puderam selecionar até cinco delas que considerassem mais urgentes. No total, 41% apontou a mudança climática, fazendo dela a questão mais citada globalmente. Em seguida, aparece a poluição, selecionada por 36% dos entrevistados – tema que também está diretamente relacionado ao meio ambiente. O aquecimento global também foi o mais citado como um dos problemas ambientais mais importantes que o mundo enfrenta – mencionado por 57% dos jovens – de dez questões ambientais listadas, como poluição dos oceanos, poluição do ar e desmatamento.

A pesquisa identificou ainda que essa faixa etária considera que os governos devam assumir a maior responsabilidade por garantir os direitos humanos – 73% dos entrevistados apontaram que essa função é dos governantes, contra 15% que citaram os próprios indivíduos, 6% que falaram nas empresas e 4% que escolheram as ONGs.

Em nota divulgada no site da Anistia Internacional no Brasil, a diretora executiva Jurema Werneck declara: “É importante entender os sinais de alerta que essa pesquisa apresenta sobre a percepção de mais de dez mil jovens em mais de vinte países. O ponto mais citado globalmente por parte desses jovens é a questão climática. E nós da Anistia Internacional acreditamos que os eventos observados neste ano de 2019 mostram que os jovens estão vivendo dentro de um sistema falido“.

A pesquisa foi divulgada nesta terça, 10 de dezembro, data na qual se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *