Na última quarta-feira, 4 de dezembro, um evento na Pinacoteca do Estado de São Paulo marcou o lançamento do primeiro Pacto Setorial de Integridade para empresas do setor de limpeza urbana e gestão de resíduos sólidos do país. Trata-se de um documento criado em conjunto pela Rede Brasil do Pacto Global e o Instituto Ethos e que tem, como objetivo principal, prevenir a corrupção no setor.

Até o momento, nove empresas – que representam mais de 50% do mercado nacional – já assinaram o acordo. Todas elas atuam em parceria com o Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (SELURB), a Associação Brasileira de Tratamento de Resíduos e Efluentes (ABETRE), a Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública (ABLP) e a Associação Brasileira de Gerenciamento de Resíduos (ABRAGER). A expectativa é que mais empresas de pequeno e médio porte também oficializem suas adesões.

A ideia é que, a partir deste compromisso, as práticas de governança corporativa sejam fortalecidas, protegendo assim o sistema de condutas indevidas, tanto em práticas internas quanto na execução de contratos com o poder público. Para isso, o pacto define um código de conduta para empresas, além de regras e princípios que devem ser aplicados em situações de conflito de interesses – como patrocínios de eventos e campanhas; recebimento de presentes; hospedagens e contatos feitos entre representantes de empresas e agentes públicos, por exemplo. Por fim, o documento preza ainda pela transparência, obrigando que todos os processos sejam documentados e de fácil acesso.

A iniciativa tem o apoio institucional de Selur e Selurb, Abrelpe, ABLP, ABRAGER e ABETRE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *