O universo da beleza, apesar de ter passado por recentes e significativas mudanças, ainda é muito prejudicial ao meio ambiente. Como já abordamos aqui, a grande indústria ainda domina as prateleiras com produtos que, além de reforçar um cuidado estético excessivo, usam fórmulas tóxicas, embalagens plásticas e produzem lixo em grande quantidade, desde a produção até a comercialização.

Mas não se preocupe: a lista de alternativas sustentáveis é extensa, a começar pelos óleos naturais. Extraídos de sementes, frutos, caules e folhas, entre outros, eles têm propriedades que auxiliam na rotina diária de beleza natural e não oferecem nenhum tipo de risco para a saúde. Além disso, são comercializados em embalagens de vidro, que podem servir de refil, produzindo, assim, menos lixo.

Conheça três opções aqui:

1. Amêndoas: rico em vitaminas B e E, além de ácidos graxos, proteínas e minerais, ele confere maciez a todos os tipos de pele, melhorando ainda sua flexibilidade, elasticidade e o combate às irritações.

2. Rosa mosqueta: com vitaminas A e C em grandes concentrações, esse óleo é leve, mas não recomendado para peles com tendência a desenvolver cravos e espinhas. Entre as propriedades do produto, ele atua em manchas solares, rugas e linhas de expressão.

3. Semente de uva: aqui a vitamina que predomina é a E, o que faz do óleo um antioxidante que ajuda na manutenção e regeneração da pele. O produto ainda é rico em ácido linoleico, que tem propriedades anti-inflamatórias e, por isso, ajuda na cicatrização de feridas e até na diminuição das estrias. A absorção é rápida e o óleo é bem leve, podendo ser usado em todos os tipos de pele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *