Nesta segunda-feira, dia 21 de outubro, aconteceu mais uma edição do Aulão Jovem Pan, a quinta do projeto. O colégio da vez foi a Escola Estadual Raul Fonseca, na Zona Sul da cidade. A iniciativa consiste em aulas de redação e biologia em escolas estaduais da Região Metropolitana de São Paulo com base no tema “E se o Rio Pinheiros caísse no Enem?”. Leia mais sobre o projeto aqui.

Ana Vitória Lins de Souza (foto acima), aluna do terceiro ano da Escola, está estudando para prestar medicina e participou do Aulão JP nesta manhã. Ela, que já costuma escrever redações sobre temas variados para praticar, se interessou especialmente pela proposta da aula de uma redação com a temática da poluição dos rios. “Em escola pública, a gente não tem tanta programação diferente, então a aula de hoje foi especial e deixou todo mundo bastante engajado. Quanto mais conhecimento, melhor. As dicas da redação foram muito importantes para mim”, contou. Confira abaixo a redação que ela escreveu durante o Aulão:

Outra estudante que aprovou o Aulão foi Vitória Santos Ferreira, também do terceiro ano da Escola Estadual. A jovem, que quer prestar Letras no vestibular para trabalhar como professora, disse que ainda precisa estudar muito para a redação. “Eu queria que tivessem mais aulas como essa. Achei muito legal e bem diferente a experiência.”, comentou. Já Mariana Daniele Alvim também aproveitou a oportunidade: “Absorvi muitas informações nessa aula e tirei muitas dúvidas sobre a redação. Eu espero me sair bem no Enem e depois dessa aula estou ainda mais confiante.”. Por fim, Fernanda Alves Guttemberg, que quer prestar engenharia no vestibular, apontou: “Pensar em possíveis temas para a redação do Enem faz com que a gente esteja mais preparado e menos nervoso para o dia da prova.”.

Além de professores de redação e biologia, a ação leva ainda técnicos da Sabesp para as escolas. Lá, eles falam sobre o que tem sido feito no processo de despoluição dos rios da cidade, além das demais frentes de atuação da companhia em questões de saneamento básico e redes de esgoto, por exemplo. Na aula deste segunda-feira, Edison Rui Moreali, engenheiro, foi o representante da Sabesp. “Além de prestarem atenção nos conteúdos por conta do vestibular, os alunos também se interessam em conhecer mais sobre saneamento básico para levarem esses conhecimentos para suas famílias e, assim, disseminarem a cultura de fazer o tratamento correto do esgoto, que muita gente não faz hoje em dia.”, explicou.

O diretor da EE Raul Fonseca, Jeremias da Silva, disse que, na escola, há um grande envolvimento da equipe gestora e dos professores com o Enem, que está prestes a acontecer – as provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. “Os alunos também estão bastante envolvidos com a prova e o Aulão com certeza os deixou ainda mais motivados. Focar nosso olhar para a questão ambiental é de fundamental importância e temos feito um grande trabalho nesse sentido.”, afirmou. Já a professora Patricia Neves, que leciona português na escola, elogiou os alunos, que estavam interessados e tirando suas dúvidas. “É importante quebrar a rotina, sair um pouco da sala de aula. É prazeroso para eles e vale a pena para os estudos. Nesta reta final, o Aulão funciona como uma grande revisão para eles”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *