Ter um estilo de vida saudável pode ser um grande desafio, ainda mais dependendo do lugar onde se vive. Por isso, listamos quais são as nações com as notas mais altas nesse quesito.

 

Já parou para pensar quais são os países mais saudáveis do mundo? Se você é das adeptas do estilo de vida fitness, ou está sempre buscando novas formas de se cuidar melhor, já deve ter se perguntado isso em algum momento.

A Bloomberg, empresa de tecnologia e dados para o mercado financeiro, divulgou uma lista, ainda este ano, que classifica as nações entre as mais e menos saudáveis. Nosso Brasil, infelizmente, não aparece nem perto das primeiras colocações – está cotado como o 76º país nesse ranking.

Foram analisados indicadores que influenciam de modo geral o índice de qualidade de vida da população, como alimentação, expectativa e qualidade de vida, riscos de doenças e disponibilidade de água potável. Ao todo, 196 países participaram do levantamento, sendo considerados somente aqueles com pelo menos 300 mil habitantes, capazes de oferecer dados suficientes para o comparativo.

No resultado, vemos uma predominância de nações europeias, principalmente as que seguem dietas ricas em gorduras boas e leguminosas. Apenas três países do top 10 são nações de outros continentes. E não há sequer um vizinho representando as Américas na parte mais alta da lista.

Ficou curioso em saber quais são os países mais saudáveis do mundo? Então confira só:

 

1. Espanha

 

Os espanhóis figuram entre os 10 países mais saudáveis já há alguns anos, mas foi em 2019 que passaram a liderar o ranking mundial. O país é famoso por diversos costumes, sendo alguns deles cientificamente comprovados que são benéficos para a saúde, assim como é o caso da famosa siesta, aquele cochilo esperto depois do almoço, que revigora qualquer um.

Além disso, a dieta mediterrânea, rica em cereais integrais, vegetais, frutas, peixes e azeite de oliva (que é a principal estrela dessa dieta bem nutritiva), tem sido considerada protagonista nessa boa colocação. E, é claro, a moderação é a chave do sucesso para o bom proveito das qualidades que o estilo de refeição espanhol promove. Assim, você não precisa deixar passar aquele delicioso churros com calda de doce de leite, é só aproveitar com moderação 😉

Que tal experimentar uma paella legítima em território espanhol? Confira dicas para ir ao país:

 

2. Itália

A nação berço das massas também é super saudável, por mais incrível que pareça em um cenário de alta das dietas low carb. Aliado ao estilo de vida ativo, com muitas atividades ao ar livre (e muita caminhada após as refeições), a alimentação italiana tem gerado bons resultados na saúde de sua população.

A mesma dieta mediterrânea, presente na Espanha, também é a que domina os pratos daqueles que moram no país em forma de bota. O segredo está nas porções caseiras, sem exageros, e com ingredientes frescos que predominam frutas, legumes e peixe, em detrimento de gorduras ruins, carnes vermelhas ou alimentos processados. 

Precisa de mais inspiração para conhecer a Itália? Se liga nessas dicas:

 

3. Islândia

Apesar de ser conhecida por algumas iguarias bem incomuns, como língua de bacalhau, existem diversos pratos muito saborosos na Islândia, e saudáveis. O país costuma ter um cardápio variado, riquíssimo em frutos do mar. Com opções diversas envolvendo peixes, raízes, e alto índice de fibras em contraste com pouco açúcar, a dieta do país tem baixa quantidade de gorduras saturadas e elevado índice de ômega 3, que é super benéfico ao sistema cardiovascular – uma verdadeira receita de ouro para uma vida saudável. Além disso, com uma dieta baseada em comida caseira, cafés da manhã caprichados, e produtos lácteos de alta qualidade, a população se mantém como uma das mais saudáveis do mundo.

Se você nunca pensou em ir para a Islândia, talvez seja a hora de considerar 😉

 

4. Japão

A longevidade da população japonesa já é largamente conhecida ao redor do mundo. Ao nascer, os pequenos de lá já são agraciados com uma expectativa de vida de 83,98 anos, com alguma pequena variação entre homens e mulheres, mas que já supera (e de longe) as previsões de diversos outros países. E é da alimentação saudável que vem boa parte dessa saúde toda.

É outro país que consome uma baixa quantidade de carne vermelha, e aproveita bons pratos de peixes e frutos do mar, a dieta que consomem é uma das mais saudáveis de todo o mundo.

Aliás, Okinawa, parte mais ao sul do Japão, é a região com maior número de centenários no mundo todo – uma das consequências da dieta balanceada que seguem. Esse cenário também se deve pelo ótimo sistema de saúde de lá, que une alta tecnologia, conhecimentos médicos avançados e uma boa ajuda do governo com os custos.

Se você gosta de sushi, vai adorar conhecer a culinária japonesa tradicional no país. Que tal planejar uma ida para lá?

 

5. Suíça

A Suíça é considerada um dos melhores países do mundo para viver, com alta qualidade de vida. No que diz respeito à saúde da população, ela também não fica para trás.

Além de ser considerado um território neutro, de unificação cultural e com economia estável (o que já contribui, e muito, para que a população não seja muito estressada, por exemplo), o estilo de vida de quem mora lá é bastante saudável.

Eles costumam caminhar para todo lugar, dão preferência para “comidas reais”, com ingredientes frescos e não falsos rótulos de “sem adição de açúcar” ou algo do tipo, os mercados não abrem aos domingos, nem ficam abertos por 24h (evitando compras por impulso na madrugada) e são pouquíssimos os restaurantes fast-food espalhados pelo país.

Além das paisagens estonteantes, que tal uma visita a esse país para observar de perto alguns desses costumes super saudáveis? Veja dicas:

 

O top 10 dos países mais saudáveis do mundo é completado por Suécia, Austrália, Singapura, Noruega e Israel, que ocupam do 6º ao 10º lugar, respectivamente. Algo que todos eles têm em comum é uma alimentação mais balanceada e com ingredientes frescos, além de dar prioridade ao ar livre, caminhando mais que utilizando carros, por exemplo.

Infelizmente nosso país está bem abaixo no ranking, mas bem que poderia incorporar alguns dos costumes benéficos mais comuns nesses países citados, não é mesmo? Outro que faltou na lista foi os Estados Unidos, que têm seus índices bastante prejudicados em decorrência da alimentação gordurosa, processada e exagerada, fora o alto índice de obesidade, uso de drogas e suicídio.

Você já sabia dessas práticas saudáveis de outras nações? Pratica alguns deles, tem alguns desses alimentos incluídos nas suas refeições diárias? Conta pra gente!

Virginia Falanghe

https://dicasdeviagem.com

Jornalista, apaixonada por viagens, natureza, aventuras e em compartilhar dicas para ajudar mais pessoas a viajarem mais e melhor. Quando não está viajando, está lendo, escrevendo ou falando sobre destinos do Brasil e do mundo. Gosta de conhecer a fundo cada lugar, por isso não acredita em contá-los. Já pisou nos cinco continentes e fez algumas paradas longas para morar na Austrália, Estados Unidos, Canadá e Portugal. Atualmente, mora em São Paulo e escreve dicas de viagens no site da Jovem Pan, integra a equipe do programa Mulheres da Pan como especialista em turismo e também é editora-chefe dos sites Dicas de Viagem e Viva o Mundo.  Uma boa leitura e ótimas viagens.