Terminar um relacionamento não é tarefa fácil para a grande maioria das pessoas e se torna um desafio muito mais custoso emocionalmente, quando se tem filhos.

Muita gente diz: acabou e pronto! Toca a vida! Esquece! Deixa pra lá. Mas como “deixar pra lá” ou “esquecer” alguém com quem se tem um ou mais filhos e é preciso combinar, acertar logísticas, decidir e acordar tantos detalhes sobre ele(s)?

Bom, não é tão simples assim, exige um esforço que vai além do que “aquilo que os olhos não vêem, o coração não sente”. Nesses casos, os olhos continuam vendo e o coração sentindo.

Levará um tempo para separarmos que a relação amorosa acabou, mas a paternidade continua e que o contato é unicamente pela(s) criança(s). Para tanto é essencial alguns cuidados e ponderações para que esse processo aconteça de forma efetiva, sem ninguém se enganar ou confundir as coisas.

A extinção de alguns hábitos e mudanças de outros, ajuda muito. Quando se tem filhos, a família do(a) ex ainda manterá contato, afinal são avós, tios, tias, primos etc. Quem se separou foi o casal, o(s) filho(s) não devem se afastar deles. Por outro lado, no início dessa fase de reconhecimento de lugar e nova identidade social, tudo pode parecer confuso, por isso toda atenção é pouca quanto até onde se deve acessar para não forçar situações que não caibam mais ou ocupar espaços que não te pertencem mais e acabar se tornando invasiva(o).

Outro ponto importante são ligações, mensagens e contatos com o(a) ex. Se ajude! Escreva e fale o mínimo necessário, nada de misturar as bolas, dar asas em momentos de carência, de baixa ou cair em cantadinhas momentâneas que vão te custar uma ressaca daquelas.

Encontre um meio de comunicação que você consiga administrar melhor e que dificulte recaídas, senão você retrocederá o tempo todo, ficará tudo ainda mais confuso e o fluir da sua vida, que é o que você mais quer e precisa, acaba sendo obstruído e paralisado.

Por Pamela Magalhães

 

Pamela Magalhães

https://pamelamagalhaes.com.br/

Psicológa especializada em relacionamento e apresentadora do podcast Coração Peludo