Levante a mão quem quer viajar neste ano, mas está com o orçamento apertado.

 

A boa notícia é que dá sim para viajar mais gastando menos. É preciso saber como economizar de maneira eficiente desde o planejamento até quando estiver curtindo as férias.

Para te ajudar, seguem 5 truques super fáceis que me ajudam a viajar mais com um orçamento otimizado.

Vamos nessa?

 

1 – Flexibilidade para viajar é tudo

Já tem um destino em mente mas não consegue encontrar bons preços? Ative as notificações no celular de aplicativos de promoções de voos para o país. Assim, toda vez que as tarifas abaixarem mais de 30%, você recebe uma notificação. Porém, é preciso ter flexibilidade nas datas para comprar as passagens promocionais.

Caso não saiba para onde ir e só queira encontrar um lugar bacana e barato, ative a notificação para todos os destinos e receba diariamente as informações de promoções.

Fuja também da alta temporada. Normalmente, os voos para datas na média e baixa temporada tendem a ter preços mais acessíveis.

Outro truque é ficar acompanhando os programas de milhas para promoções de “pontos grátis”. Assim, você pode transferir as milhas de seu cartão de crédito e ganhar um bônus por elas.

Acione os alertas de promoção de passagens aéreas no celular.

 

2 – Planeje e compare antes de contratar

Depois de comprar a passagem é hora de economizar em todo o planejamento da viagem.

Seguro Viagem – Um item essencial para quem vai viajar para fora do Brasil. Se você não quer gastos por contratempos é melhor investir em um seguro. Os planos podem cobrir de despesas médicas e hospitalares a extravio de bagagem ou até mesmo cancelamento de voos. Existem ferramentas de seguro viagem que comparam as diferentes coberturas e planos de seguradoras.

Chip Internacional de Viagem – Vale a pena comprar um chip internacional de viagem antes de sair do Brasil. Pode parecer caro no início, mas ele vai te livrar de gastos com GPS ou internet paga em aeroportos, hotéis e pontos turísticos. Além disso, viajar com internet ilimitada é garantia de praticidade.

Hospedagem – Não deixe para a última hora a reserva de um hotel. Além das opções ficarem escassas com o passar do tempo, os hotéis costumam aumentar os valores quando há pouca oferta. Por isso, tente reservar o quanto antes principalmente em cidades turísticas. Veja as dicas de onde se hospedar em Paris, onde ficar em Lisboa ou até mesmo hotéis em Miami Beach.

Aluguel de carro – É importante dar atenção ao aluguel de carros, já que muitas vezes há pegadinhas no processo de contratação. Uma delas é mostrar preços econômicos na contratação online, mas não incluir o seguro do veículo e contra terceiros. Aí, quando você chega no balcão para pegas as chaves do carro, os atendentes induzem a contratar o seguro – que muitas vezes dobra o preço da reserva inicial. Conto os detalhes no post aluguel de carro EUA.

Bagagem – A cobrança pela bagagem despachada em voos nacionais e internacionais é um fator a considerar. Tente viajar leve, escolha bem o que quer colocar na mala e se conseguir ir apenas com a bagagem de mão, de até 7kg, você garante uma boa economia. Se for levar uma bagagem para despachar, compre o espaço através do site ou telefone. Geralmente, pagar pela mala no aeroporto sai mais caro.

Viaje leve e economize nas bagagens despachadas

 

3 – Verifique as vantagens para turistas no destino

As principais capitais turísticas ao redor do mundo possuem um cartão turismo válido para diversas atrações. É o caso do Barcelona Card, que oferece transporte público ilimitado, entrada e descontos em diversos museus e pontos turísticos. Veja mais no post o que fazer em Barcelona.

Já para quem vai aos Estados Unidos ou Canadá e quer curtir as ofertas dos outlets, saiba que é possível economizar ainda mais nas compras. Vá com uma cópia de seu passaporte para o centro de informações ou visitantes do outlet. Apresente o documento e receba a isenção das taxas e impostos em diversas lojas, o que pode levar a uma economia de 10% nas compras.

Barcelona Card oferece transporte público ilimitado, entrada e descontos em diversos museus e pontos turísticos

 

 

4 – Veja os dias grátis nas atrações

Comprar ingressos antecipados para atrações concorridas é sempre uma excelente ideia para evitar filas enormes. Contudo, antes de adquirir o ticket vale checar se esta atração oferece um dia grátis para visitação. É o caso de museus como o MoMa, um dos principais de Nova York, que possui entrada franca todas as sextas-feiras das 16h às 20h. Confira o site oficial de cada atração e programe-se para chegar no primeiro ou último horário a fim de evitar multidões.

Museus como o MoMa, um dos principais de Nova York, possui entrada franca todas as sextas-feiras das 16h às 20h.

 

5 – Pense antes da fome bater

Combine alguns dias experimentando a gastronomia local em ótimos restaurantes com outros de economia na hora de comer. Uma boa dica é escolher quartos ou apartamentos com cozinha. Assim, dá para fazer compras no supermercado local e cozinhar em casa.

Vale também comprar lanches em supermercados ou fazer almoços tardios. Deste modo, os gastos reduzem com apenas uma refeição ao longo do dia, já que muitas vezes o café-da-manhã está incluso na hospedagem.

Evite comer em restaurantes ou lanchonetes próximos a áreas turísticas. Normalmente, estes são os lugares mais caros e, muitas vezes, não são tão gostosos.

 

Gostou das dicas para economizar durante uma viagem? Comente aqui!

 

Continue lendo sobre viagens:

7 destinos para curtir a natureza perto de São Paulo

Viagens para fazer um dia com as amigas

8 destinos para mulheres que viajam sozinhas

Virginia Falanghe

https://dicasdeviagem.com

Jornalista, apaixonada por compartilhar dicas e informações de viagens para te ajudar a viajar mais e melhor. Quando não está viajando, está lendo, escrevendo ou falando sobre destinos do Brasil e do mundo. Já são mais de 50 países dos cinco continentes na lista, entre algumas paradas longas para morar na Austrália, Estados Unidos, Canadá e Portugal. Atualmente, escreve dicas de viagens aqui no site da Jovem Pan, integra a equipe do programa Mulheres da Pan como especialista em turismo e também é editora-chefe dos sites Dicas de Viagem e Viva o Mundo. Uma boa leitura e ótimas viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *