O Sol brilha muito no signo de Leão e influencia de forma muito positiva todos os signos. Contudo, uma energia extra pode tomar conta desse período: é a coragem. Característica-chave do signo de Leão, em diversas situações precisamos de boas doses para seguir em frente. Mas, você já parou para pensar como cada signo lida com isso? Veja só:

Áries: Corajosos natos, lidam com a coragem muito bem. Destemidos e ativos, simplesmente não conseguem deixar situações de lado ou  terem medo diante de qualquer situação. Regido por Marte, é o signo líder, que enfrenta, batalha e abre espaço.

Touro: São corajosos, mas só depois de analisarem terrenos e cenários – e constatarem que é seguro prosseguir. Geralmente, podem ter receio de agir ou de entrar em qualquer situação desconhecida. Quando analisam bem o terreno, aí sim possuem a coragem necessária.

Gêmeos: Geminianos possuem coragem e não tem muito receio ou medo de enfrentarem a situação. Seu elemento Ar oferece a tônica  para que eles enfrentem qualquer adversidade. A comunicação é uma grande carta na manga e que o faz chegar onde deseja e sair ou entrar de qualquer coisa.

Câncer: Emocionais e sentimentais, a coragem pode vir com boas doses de emoção por aí, fazendo com que eles pensem de forma emocional. São mais contidos, pesam as situações emocionalmente, mas podem sim criar coragem de qualquer lugar – principalmente se o assunto estiver envolvido com a família.

Leão: Leoninos são corajosos e honram isso. Signo de fogo, não tem medo de agir e tampouco enfrentar. O reconhecimento por isso pode ser uma necessidade até para o leonino também. E mesmo o nativo que não sentir-se assim, deve sempre se lembrar da analogia com o personagem Leão, do “O Magico de Oz”, ao qual a coragem é uma virtude que está intrínseca nele.

Virgem: Mais discreto, o nativo de Virgem possui uma coragem analítica e planejada. Gosta de analisar o terreno antes de pisar e aí sim, adentrar ao cenário. Organizado e detalhista, pode querer analisar todos os riscos antes de se aventurar em qualquer coisa. O medo pode ser uma constante em um primeiro momento, mas se conseguir analisar e chegar ao resultado que deseja, vai que vai.

Libra: Librianos são corajosos, mas indecisos. Precisam de um tempo para tomar a decisão que lhe parecer correta – e assim que tomar, não há barreira que o faça desistir. Contudo, são diplomáticos também, então, dependendo da situação, ele pode tomar coragem com boas doses de diplomacia.

Escorpião: São corajosos e intensos, além de determinados. Porém, é o signo que mais toma decisões com base nas emoções. Para ele, a intensidade pode ser um meio para que a coragem tome conta. Regido também por Marte, possui a ação e a determinação como passos principais.

Sagitário: Signo de fogo, coragem é sobrenome – principalmente se a atitude tiver boas doses de aventura. Aqui não cabe nenhum tipo de medo ou aflição. Sagitarianos gostam da adrenalina e do desafio, por isso ter coragem para qualquer coisa faz parte de sua essência.

Capricórnio: Regido por Saturno, o planeta da responsabilidade e disciplina, ter medo é usar a energia de Saturno ao contrário. Capricas sentem coragem, mas algo mais planejado e pensado, nada tão ousado e excêntrico. São corajosos e até propõem certas coisas, mas tudo com base em resultados extremamente satisfatórios e maduros.

Aquário: Coragem também é sobrenome. Não possuem medo, ao contrário, usam para  ressaltar seu ponto de vista. Gostam da ousadia, da rebeldia e da excentricidade, além de serem bem mentais. Ter coragem, para o aquariano, é revolução.

Peixes: Piscianos possuem coragem através da parte interior e da intuição. Na maioria das vezes, aceitam certas coisas e deixam o medo para depois só pelo prazer do momento. Dos três signos de água, talvez seja o que mais age por impulso, algumas vezes. Alguns medos podem prendê-lo, mas no geral, usam a coragem até para justificar seus sentimentos.

 

Vivi Pettersen

Astróloga e apresentadora do podcast Astrologia JP