21 de maio é celebrado o Dia Mundial da Meditação, e por isso resolvi trazer o tema aqui para o blog. Nem sempre as pessoas relacionam a meditação à vida sexual, mas a verdade é que ela pode trazer diversos benefícios!

Já falei mais de uma vez sobre os diversos aspectos que interferem, e muitas vezes até atrapalham a sexualidade. Situações rotineiras, como o estresse, a ansiedade, o cansaço e até mesmo a depressão são vilões do desejo sexual, bem como as distrações, sejam elas externas ou internas, vindas da nossa mente.

É justamente nestes casos que a meditação pode ser uma ótima aliada, e ajudar a retomar o desejo, aumentar a excitação e a lubrificação, manter a ereção e até chegar ao orgasmo.

A meditação é uma técnica que te ajuda a estar mais presente em você, sentir e conhecer o seu corpo, se entregar e vivenciar o momento, além de desacelerar a mente. Se no momento da relação sexual você não consegue deixar de pensar nos problemas do trabalho, ou nos afazeres domésticos, por exemplo, talvez a meditação seja uma alternativa para que você não deixe a cabeça te dominar.

Mas além da concentração e do foco no presente, a meditação traz muitos outros benefícios que podem ser positivos para a sua saúde sexual. Ao aprender a respirar melhor você diminui a ansiedade, e consegue se aprofundar nas sensações do corpo, como o toque. Outro ponto positivo é aprender a não se auto julgar, e assim se permitir se entregar mais às vivências, aos desejos, às vontades e às fantasias, sem medo de perder o controle.

Se você já pratica meditação, comenta lá no Instagram quais outros benefícios você sentiu relacionados à sua vida sexual. E se você ainda conhece, pense nela como uma alternativa, um auxílio profissional para você curtir ao máximo a sua sexualidade, assim como é a terapia.

 

paulanapolitano

Psicóloga clínica, pós graduada em Terapia Sexual e em Terapia Cognitivo Comportamental. Também é autora do livro "Sexplicando: sexualidade sem mitos e tabus".