De acordo com a Sociedade Brasileira do Cabelo, cerca de 42 milhões de brasileiros sofrem com a calvície. A porcentagem de pessoas entre 20 e 25 anos que sofrem com ela é de aproximadamente 25%

Após quatro anos de pesquisas foi possível obter um composto capaz de inibir a queda capilar e estimular o surgimento de novos fios, surgiur o Caffeíne’s Therapy, da Magic Science, primeiro xampu à base dos ativos do café possibilita o crescimento dos cabelos em casos de calvície e alopecia.

Responsáveis pela pesquisa, a farmacêutica Jackeline Alecrim, especialista em Cosmetologia Avançada e Farmacologia Clínica, e Gilmar Machado Miranda, e o farmacêutico Mestre em Ciências Farmacêuticas, detêm a patente do produto, que é produzido no Polo Biotecnológico nas instalações Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O poder do café

Segundo Jackeline, o café possui propriedades benéficas para a saúde capilar se isoladas as substâncias corretas, que apresentam, dentre outras funções, a capacidade de inibir a conversão da testosterona em DHt – esteróide e hormônio que influencia na queda de cabelo – , além de aumentar a vascularização folicular e a chegada de nutrientes, beneficiando a atividade folicular e também inibir a ação de radicais livres que provocam a morte celular e  agravamento do problema.

Jackeline Alecrim desenvolveu xampu antiqueda com ativos do café

Acompanhe a seguir a entrevista com a farmacêutica Jackeline Alecrim sobre o problema que afeta tanta gente.

O que exatamente é a calvície?

A calvície, também chamada de Alopecia Androgenética, se caracteriza pela diminuição da atividade dos folículos capilares pela ação de uma substância chamada Di-hidrotestosterona, proveniente da conversão da testosterona pela ação de uma enzima específica. O quadro se manifesta através do afinamento progressivo dos fios até interrupção total da atividade folicular. É muito comum em homens, mas também ocorre em mulheres.

Como e quando descobriu o uso da substância como aliada no tratamento contra a calvície?

Estudos em todo o mundo já apontavam que o uso isolado da cafeína possibilita resultados positivos no tratamento da calvície, porém através do nosso estudo investigamos quais e de que modo outros ativos presentes no extrato poderiam aumentar a eficiência do tratamento. O estudo originou o domínio de uma biotecnologia patenteada que demonstrou eficácia  superior ao uso isolado da cafeína, possibilitando resultados muito positivos e alta aceitação entre os pacientes.

Como o produto funciona?

Trata-se de um dermocosmético, um shampoo testado clinicamente e dermatologicamente que deve ser utilizado, associado a massagem no couro cabeludo. A formulação é prática, apresenta alto rendimento e permite veiculação dos ativos e alta eficácia.

Existe um café especial na fórmula ou você usa qualquer tipo? 

Existe um tipo específico de café e o extrato deve conter componentes específicos e uma concentração específica. Todos esses detalhes são resguardados pela patente biotecnológica.

Tomar café também pode auxiliar no problema?

Infelizmente, não! A concentração de cafeína presente no cafezinho não é suficiente para alcançar níveis terapêuticos na região folicular. Para isso, o uso tópico (aplicação local) através de uma formulação que favoreça a absorção é primordial para o alcance de resultados, além da concentração e combinação correta de ativos.

Por que muita gente diz que não existe solução para calvície?

A calvície é uma doença crônica que irá demandar tratamento por toda a vida, já que ocorre devido a um distúrbio fisiológico crônico. Porém a ciência trabalha em prol de aprimorar as opções de tratamento e tornar os resultados cada vez mais eficazes. E a boa notícia é que atualmente podemos alcançar excelentes resultados com a biotecnologia Avançada disponível já nos dias atuais.

A indicação é para homens e mulheres?

Sim, o produto pode ser usado por homens e mulheres e pode ser empregado em diversos tipos de queda capilar, sendo capaz de favorecer ainda o crescimento em centímetros e o surgimento de novos fios, em folículos que não atingiram a fase cicatricial.

Em qual tipificação o produto se encaixa na Anvisa?

Trata-se de um dermocosmético também denominado cosmético grau 2. Os produtos enquadrados como grau 2 são aqueles que passaram por testes de segurança e eficácia exigidos pela ANVISA, sendo caracterizados por possuírem indicações específicas que necessitam de comprovação de segurança e ou eficácia, de informações sobre cuidados, modo e forma de uso.

Paty Moraes Nobre

https://jovempan.uol.com.br/guiasp

Jornalista e agitadora cultural, atuou como repórter em rádios como Jovem Pan e Band, videorrepórter na TV Cultura, editora de notícias, lifestyle, TV e Cultura nas empresas Globo.com, Editora Globo, Caras e Portal iG. Casada e mãe, escreve sobre gastronomia no Portal UOL, é colunista da Exame Vip, da Editora Abril, e coordenadora das plataformas Mulheres da Pan e Revista Guia SP, da Jovem Pan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *