Muito discutimos sobre o apocalíptico ‘Fim das Curtidas’ do Instagram nas últimas semanas. Análises comportamentais e tecnológicas se complementam com a finalidade de entender o que a mudança impacta nas nossas vidas reais e virtuais.

O anúncio foi feito em 17 de julho, quando a plataforma afirmou que o Brasil se tornaria o segundo país no mundo a participar de um teste que esconde as curtidas das fotos no feed.

Mas, por enquanto, as curtidas não acabaram. Nem as visualizações. Isso ocorre desde o anúncio feito pela empresa, não se trata de alguma instabilidade.

Ao entrar em um perfil usando um computador de mesa (desktop) ou notebook, ainda é possível acompanhar a quantidade de “coraçõezinhos” recebidos em cada foto postada independentemente da data.

A mágica

Isso significa que, apesar de não mostrar a “audiência” de um post para usuários de smartphones, a rede social continua exibindo a contagem de outras formas. Bastar arrastar o mouse sobre a imagem ou vídeo e “tchan tchan tchan tchan”.

Também é possível ver os likes no caso de links embedados em conteúdos na internet, como no post compartilhado abaixo.

Paty Moraes Nobre

https://jovempan.uol.com.br/guiasp

Jornalista e agitadora cultural, atuou como repórter em rádios como Jovem Pan e Band, videorrepórter na TV Cultura, editora de notícias, lifestyle, TV e Cultura nas empresas Globo.com, Editora Globo, Caras e Portal iG. Casada e mãe, escreve sobre gastronomia no Portal UOL, é colunista da Exame Vip, da Editora Abril, e coordenadora das plataformas Mulheres da Pan e Revista Guia SP, da Jovem Pan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *