Antonia Fontenelle, no programa “Na Lata”, entrevistou o Coronel Rogério Figueiredo da PMERJ.

Na entrevista, o Coronel Figueiredo falou dos 47 mil homens que estão sob seu comando e de como administra algum erro em que a culpa recai sobre a corporação.

“Temos um monitoramento diário. A partir do momento que tomamos ciência de algum problema temos que ser enérgicos e tomar todas as providências, principalmente na questão disciplinar. Temos uma corregedoria que está muito bem estruturada, que acompanha qualquer denúncia e desvio de conduta, e tão logo tomamos ciência disso a corporação se utiliza de uma corregedoria forte para poder dar a resposta”, disse.

Antonia Fontenelli também questionou o Coronel Figueiredo sobre o Caso Agatha, UPP´s e política de segurança.

Confira!

 

Daniela Contin Garcia

Publicitária e Podcaster na Jovem Pan