Visitar cidades da Europa e ver de perto os lugares que estampam livros de história e geografia é o sonho de muita gente. Com a reabertura das fronteiras e flexibilização para a entrada de estrangeiros, essa vontade está de volta ao radar dos brasileiros que não vêem a hora de finalmente tirar aquela passagem aérea do papel.

Neste ano, o cenário está otimista para quem viaja e para a recuperação do setor nos países europeus, já que a Comissão de Turismo da Europa (ETC) estima que o total de chegada de turistas ao continente alcance 80% dos níveis pré-pandemia.

Se você está planejando a sua primeira viagem ao continente, recomendo aqui as melhores cidades e passeios. Assim, você não perde nenhuma experiência importante durante as férias: seja uma caminhada pelos coloridos e emblemáticos grafites da East Side Gallery, em Berlim, na  Alemanha, um passeio de barco pelos canais de Amsterdã, na Holanda,  os sabores do tradicional pastelzinho de Belém, em Portugal, à vida noturna de Budapeste, na Hungria. Inserir estas cidades no seu roteiro é viver de perto a diversidade cultural, arquitetônica e histórica que habita esse território.  Vamos ver o que há de imperdível por lá?

 

Lisboa, Portugal

Lisboa é a bola da vez no turismo europeu. A capital portuguesa vai muito além do bacalhau e pastel de belém (indispensáveis, diga-se de passagem). A cidade abriga três Patrimônios Mundiais da UNESCO como o Mosteiro dos Jerônimos, a Torre de Belém e o Edifício Real de Mafra.

Além disso, em Lisboa, a história se mistura com a vibração das cidades cosmopolitas do mundo moderno e coloca em cena uma vida noturna agitada, hospedagens cheias de charme, restaurantes estrelados e mercados descolados como o Time Out Market. Não deixe de conhecer as cidades ao redor, como Cascais, Sintra, Estoril e se puder estique até Évora, uma cidade histórica surpreendente, também listada como Patrimônio da Humanidade. 

Para aproveitar ao máximo a cidade, escolha entre os melhores hotéis em Lisboa e não esqueça que o seguro viagem para viajar a Portugal é obrigatório. 

 

 

Paris, França

A cidade das luzes, capital da França,  sempre está no topo das listas como a melhor cidade europeia para visitar. Realmente, a cidade é um verdadeiro museu a céu aberto. O Museu do Louvre, a Ópera Garnier, Panteão, Trocadéro, Moulin Rouge, Sacré Coeur, Champs-Élysée, Arco do Triunfo e os mais diversos museus estão em Paris.

Porém, mesmo com tantas atrações e lugares para visitar, o melhor de Paris é simplesmente andar  por suas ruas. Vai por mim, não há nada como se perder em uma caminhada despretensiosa pela Cidade Luz, dar uma pausa para tomar um café, ou mesmo fazer um piquenique de frente para a Torre Eiffel.

Muitos dos hotéis em Paris recomendados para turistas, possuem lindas vistas para os principais pontos turísticos da cidade. Vale a pena escolher bem!

 

 

 

Roma, Itália

Um excelente destino na Europa para uma viagem no estilo slowtravel, para conhecer minimamente o que Roma tem a oferecer, você precisará de calma, tempo e disposição. Tudo isso para que sua experiência de viagem seja proveitosa e você consiga absorver pelo menos parte da história da cidade. 

Sim, numa primeira vez na Europa, Roma precisa ser incluída. 

Como uma cidade milenar e cheia de atrações turísticas, há muito o que fazer em Roma. Prepare-se para caminhar muito, certamente será a melhor parte da viagem.

O único risco será encontrar fontes lindíssimas, edifícios que perpassam o tempo, templos, igrejas, praças e palacetes. Ao caminhar você poderá estar passando por ruínas, catacumbas e necrópoles, bem debaixo dos seus pés. Não deixe de visitar as catacumbas de Roma, durante um passeio de bike pela Via Appia Antica, considerada uma das ruas mais antigas de toda a Itália.

Visite monumentos seculares como o Imperdível Coliseu, a Fontana de Trevi, o Fórum Romano e o Palatino, Panteão, Piazza Navonna, Espanha e Venezia. Não deixe de passear também por bairros de Roma bem tradicionais como o Trastevere, um bairro com muitas igrejas, lojas e fontes de água. Aliás, você sabia que existem fontes de água potável por toda a cidade?

Outro passeio imperdível é visitar o menor país do mundo, o Vaticano, dentro do território romano. Lá você terá a chance de conhecer a Basílica de São Pedro ,sede da igreja católica, o Museu do Vaticano com a bela Capela Sistina.

Na hora de se planejar, reserve hotéis em Roma sempre analisando sua localização, para garantir que seus dias em Roma sejam bem aproveitados.

 

Londres, Inglaterra

Quem visita Londres experimenta um pouco de tudo: cultura, diversão, grandes parques e áreas verdes, restaurantes e lojas. Mesmo com a Libra tão mais valorizada em relação ao Real, há muitas atrações em Londres que são de graça.

Então é bem possível fazer uma viagem econômica para a capital inglesa visitando pontos turísticos como o famoso bairro Notting Hill, um bairro icônico que foi cenário do filme “Um Lugar Chamado Notting Hill”. Inclusive, está entre os melhores lugares para se hospedar em Londres.

Outra atração que pode sair de graça em Londres é a Abadia de Westminster. Fundada em 960 d.c, é nesse local onde acontecem todas as coroações dos reis e rainhas da Inglaterra, além de alguns casamentos da família real. Se você conseguir visitá-la quando estiver havendo eventos religiosos, a visita será gratuita.

Para os amantes de cinema, fazer um roteiro incluindo as atrações dos cenários de Harry Potter em Londres é algo imperdível. Além da capital, há lugares nos arredores que fizeram parte da saga e podem ser visitados em um bate-volta.

Visite também os canais de Little Venice, uma região onde você encontrará muitos pubs, lojas e restaurantes. Mas é claro, não deixe de conhecer pontos turísticos famosos como o Big Ben, a London Eye, a Torre de Londres e o Palácio de Buckingham. O transporte público é de excelente qualidade e eficiência, você conseguirá circular pela cidade inteira se locomovendo de metrô. 

Isso tudo sem falar nos museus londrinos. A cidade conta com 8 principais, que atendem a todos os gostos e interesses. Desde o de ciências, história da humanidade até o Madame Tussauds, o famoso museu de cera, considerado o melhor do mundo.

Embora Londres seja uma cidade cara para o turista, não custa lembrar que planejamento é tudo para uma viagem mais econômica e segura.  Então, se você sonha em conhecer a terra da rainha, reserve seu hotel em Londres antecipadamente e não perca esse desejo de vista!

 

Amsterdã, Países Baixos

Uma das cidades europeias mais descoladas e vibrantes, Amsterdam é um destino fantástico para uma primeira viagem à Europa. Segura, organizada e com os mais eficientes transportes públicos, três dias inteiros serão suficientes para conhecer as principais atrações da cidade holandesa.

A cidade é plana, ideal para fazer bons circuitos a pé, passando por prédios e lindas casas no mais autêntico estilo holandês. Ou melhor, considere alugar uma bike para explorar a cidade assim como um nativo. A cidade é considerada a capital das bicicletas e tem cerca de 15000 quilômetros de ciclovias.

Charmosa como nenhuma outra, existem atrações e passeios em Amsterdam que agradam a todas as idades e gostos. A história da cidade se confunde com a da II Guerra Mundial, principalmente ao visitar atrações como a Casa de Anne Frank, a garota judia que se escondeu dos nazistas por 2 anos no porão de casa.

É um dos passeios mais emocionantes de Amsterdã e muito procurado por quem visita à cidade, não é à toa que as filas para visitar a Casa e Museu de Anne são enormes. Vale a pena adquirir o ingresso de forma antecipada!

Além desse importante museu, destaco o Museu Van Gogh, onde você poderá conhecer a história e obras do famoso pintor holandês.

Fazer um passeio de barco por seus encantadores canais,  é um passeio indispensável para admirar todos os ângulos de Amsterdã. E não para por aí, você ainda pode encaixar uma visita à Fábrica da Heineken, Red Light Distric, Praça Dam e Albert Cuyp Market, uma feirinha com produtos típicos holandeses. 

No Albert Cuyp Market, aproveite para experimentar os deliciosos stroopwaffles, uma sobremesa holandesa que consiste em dois biscoitos bem finos tipo waffle, recheados com um caramelo.

Não esqueça de encontrar os melhores bairros para se hospedar em uma boa localização em Amsterdã.

 

Madrid, Espanha

A capital espanhola tem um centro histórico impecável, feiras de ruas, inúmeros museus e um mundo de atrações turísticas para conhecer. Para quem visita a cidade pela primeira vez, deve se concentrar em conhecer atrações como o Palácio Real, o Museu Del Prado e o Reina Sofia, que estão entre os principais pontos turísticos de Madrid.

O Palácio Real hoje sedia eventos, recepções oficiais do Estado e dentro funciona também um museu.

Para quem viaja pensando nas compras, a Gran Vía é a rua mais famosa de Madrid quando o assunto é lojas de grife. Além de ter vários dos melhores hotéis de Madrid, restaurantes e bares. Caminhando pela Gran Vía, aproveite para observar sua arquitetura, com prédios que datam do início do século XX.

Na Plaza Mayor, onde ocorrem eventos culturais e religiosos, você encontrará vários bares e restaurantes. É um lugar para sentir toda simpatia e alegria do povo madrilenho, sendo uma parada estratégica durante o roteiro.

O Mercado de San Miguel é o lugar certo para experimentar comidas típicas e assim conhecer o verdadeiro sabor de Madrid: muito jamón, presunto cru espanhol, vinho e peixes frescos.

Escolher onde se hospedar em Madrid é o primeiro passo para garantir dias produtivos na cidade.

 

 

Berlim, Alemanha

Uma das cidades mais históricas e turísticas de toda a Europa, Berlim é diversa e um destino fantástico para conhecer. Muito mais do que carregar consigo a herança da Alemanha Oriental e da unificação do país, Berlim é cheia de teatros, museus, galerias, bares e até baladas incríveis.

Eu diria que é um lugar pulsante e você corre o sério risco de se apaixonar!

Há muito o que fazer em Berlim. O Portão de Brandemburgo é o principal cartão-postal da cidade. No século XVIII servia de porta de entrada para a capital alemã. Na Praça Alexanderplatz há diversas opções de restaurantes e no seu centro está o Urania-Weltzeituhrm, um relógio que mostra os horários de diversos lugares do mundo.

A construção mais antiga da cidade é a Torre de TV de Berlim, tem 368m de altura e de cima se tem uma vista panorâmica da cidade. Vale a pena conhecer também a Coluna da Vitória (Siegessaule), a Igreja Memorial Kaiser Wilhelm, parcialmente destruída durante a Segunda Guerra Mundial e a Bebelplatz.

Mas como falar do que ver na capital alemã sem citar o Muro de Berlim, o marco que separava a Alemanha Oriental da Berlim Ocidental durante a Guerra Fria. Derrubado em 1990, ainda hoje existem alguns pedaços das ruínas em várias partes da cidade. 

O trecho mais turístico é o East Side Gallery, onde foram pintadas diversas obras de arte com grafite, sendo a parte do Muro de Berlim mais fotografada.

Já no campo gastronômico, não saia de Berlim sem provar pratos típicos dessa terrinha, a exemplo da salsicha currywurst, eisbien (joelho de porco), dos icônicos bretzels e das cervejas locais. Para aproveitar melhor a cidade, a boa dica é descobrir onde se hospedar para otimizar o seu roteiro. 

Como já deu pra perceber, Berlim é desses lugares incríveis, com histórias marcantes que vale muito a pena conhecer na sua primeira vez na Europa. Não esqueça que o seguro viagem para a Alemanha é obrigatório, ok?

 

Budapeste, Hungria

Apesar de estar fora do roteiro da maioria dos turistas que embarcam pela primeira vez para a Europa, o turismo em Budapeste é surpreendente.

Não somente porque a capital da Hungria é um dos destinos mais populares de toda a Europa, mas por sua arquitetura única, culinária rica e atrativos turísticos que encantam até mesmo o viajante mais exigente.

Umas das curiosidades mais marcantes é o fato de Buda e Peste, cidades divididas geograficamente pelo Rio Danúbio, se unificaram para a fundação da capital húngara.

Conhecida como a “Pérola do Danúbio”, oferece inúmeros monumentos históricos fascinantes, boa parte deles considerados Patrimônio da Humanidade. Impossível não se encantar pelo Parlamento Húngaro, Castelo de Buda e tantos outros pontos turísticos.

Não deixe de pesquisar sobre onde ficar em Budapeste, pois dependendo da localização, será mais fácil visitar cada uma das atrações.

 

 

Mais destinos

Visitando essas grandes cidades ou parte delas, você já terá noção do quão fantástico é viajar por esse continente. São destinos que entregam o melhor do turismo na Europa. Mas, há quem busque o lado B da Europa, como eu :).

Gosto de conhecer cidades grandiosas, mas meu “ponto fraco” são cidadezinhas pequenas, em meio às praias ou montanhas. São nesses destinos que encontro as melhores hospedagens na Europa.

Destinos nos Alpes Franceses como Chamonix Mont Blanc e a bela Annecy. A região da falácia francesa com cidades e vilarejos de conto de fadas: Colmar, Estrasburgo e Eguisheim.

Não citei a Suíça como país de primeira vez na Europa, pois é um lugar com forte tendência de ser muito caro para o turista. Mas não se pode negar as tantas cidades belas que fazem parte do seu território como Zurique, Lucerna e Berna e as pequenas e graciosas que pertencem aos Alpes Suíços como Interlaken, Grindelwald e Lauterbrunnen.

Me conte, qual desses destinos você quer conhecer quando for à Europa?

Virginia Falanghe

https://vivaomundo.com.br/

Jornalista, apaixonada por viagens, natureza, aventuras e em compartilhar dicas para ajudar mais pessoas a viajarem mais e melhor. Quando não está viajando, está lendo, escrevendo ou falando sobre destinos do Brasil e do mundo. Já pisou nos cinco continentes e fez algumas paradas longas para morar na Austrália, Estados Unidos, Canadá e Portugal. Atualmente, mora em São Paulo e escreve dicas de viagens no site da Jovem Pan, integra a equipe do programa Mulheres da Pan como especialista em turismo e também é editora-chefe dos sites Dicas de Viagem, Viva o Mundo e Pousadas Incríveis  Uma boa leitura e ótimas viagens.