Santa Catarina não só abriga uma das serras mais espetaculares do mundo, um litoral que recebe baleias francas ao longo do ano e a famosa Ilha da Magia. O estado tem se tornado a meca de hospedagens não-convencionais, onde a experiência da estadia é responsável pela descoberta de novos destinos de natureza.

 

Redescobrir o Brasil tornou-se um slogan e tanto para quem trabalha com turismo em tempos de pandemia. Afinal, com as medidas restritivas, o que restou para muitos foi o isolamento em refúgios de natureza próximos às grandes cidades. O que poucas pessoas imaginavam é que, após a reabertura, este conceito de isolamento se transmutou em uma nova maneira de fazer turismo, na qual a estadia atrai visitantes para destinos até então pouco conhecidos.

O estado de Santa Catarina foi um dos que melhor soube aproveitar essa onda. Nos últimos dois anos cabanas românticas, casas cinematográficas, acomodações com decoração pensada para hóspedes tirarem fotos irresistíveis para o Instagram, entre outras, começaram a pipocar por toda a região.

Nas últimas semanas, visitei inúmeros destinos fora do eixo turístico convencional do estado para descobrir esses achados em acomodações. O que encontrei foi muito mais do que uma estadia: conheci lugares e destinos com natureza preservada, me conectei à pessoas e anfitriões especiais, fui envolvida pelo carinho e história de cada um destes projetos arquitetônicos.

Compartilho abaixo estas descobertas fantásticas para você se inspirar e se hospedar um dia:

 

01 – Praia da Gamboa, Garopaba

 

Escondidinha em meio às famosas praias de Ferrugem e Guarda do Embaú, a Praia da Gamboa é um lugar mágico com um clima de fazenda em meio ao litoral catarinense. O melhor da região é a possibilidade de ficar em uma casa com vista para o mar por menos de R$ 500 a noite (para até 04 pessoas). Entre Junho e Novembro, a Gamboa recebe a visita das baleias francas que podem ser avistadas diretamente do terraço desta casa ou do Mirante da Baleia.

Casa na Praia da Gamboa. Foto: Virginia Falanghe

02 – Lagoa de Ibiraquera, Imbituba

 

A menos de 10 minutos da badalada Praia do Rosa, em Imbituba, encontrei um oásis na beira da tranquila Lagoa de Ibiraquera. Um prato-cheio para quem busca aproveitar um lado B da região e desfrutar de esportes aquáticos como windsurfe, kitesurfe, Stand Up Paddle, canoagem, pesca e outras atividades náuticas na beira da lagoa.

Nesta hospedagem, é possível aproveitar um espaço de fireplace, curtir a vista do deck na beira da lagoa ou curtir a vista e noites estreladas da Jacuzzi de uma das suítes.

Casa na beira da lagoa de Imbituba, SC. Foto: Virginia Falanghe

03 – Serra do Corvo Branco, Urubici

 

Apesar da proximidade com a Ilha da Magia (localizada a 170 km de Florianópolis), o cenário em Urubici é totalmente o oposto da região litorânea.

Na pequena cidade, os visitantes podem se aventurar em trilhas nas montanhas, conhecer cachoeiras verticais como a do Avencal (100 metros de altura), passear de carro pela sinuosa Serra do Corvo Branco e do Rio do Rastro (considerada uma das mais lindas do mundo pelo jornal The Guardian) e ainda encerrar o dia curtindo o friozinho em uma cabana romântica em meio aos cenários bucólicos da região.

Serra do Corvo Branco – Urubici, SC. Foto: Virginia Falanghe
Cabana romântica em Urubici. Foto: Virginia Falanghe

04 – Praia do Campeche, Florianópolis

 

A Praia do Campeche, no sul de Florianópolis, preserva um cenário deslumbrante de dunas que circundam os 3,5 km de faixa de areia branca banhada por ondas fortes, águas cristalinas e kitesurfistas que colorem o horizonte. Além do astral paradisíaco, as hospedagens agradam os mais diferentes gostos: de chalés rústicos de charme a lofts cheios de bossa e design.

Loft cheio de design na Praia do Campeche, em Floripa. Foto: Virginia Falanghe
Foto: Virginia Falanghe
Chalé encantado no Campeche. Foto: Virginia Falanghe

 

05 – Vargem Pequena, Florianópolis

 

De uma praia paradisíaca a uma experiência de montanha no norte de Florianópolis. Quanta coisa é possível viver ao escolher uma hospedagem não-convencional.

No bairro de Vargem Pequena, em uma montanha próxima a Jurerê Internacional, está localizada uma casa inusitada na qual o proprietário, designer por formação, colocou literalmente as mãos à obra para dar vida às suas criativas ideias em cada cantinho.

O resultado da atenção aos pequenos detalhes é que cada ambiente rende um clique de uma foto absolutamente instagramável, além de proporcionar uma sensação de aconchego e cuidado durante toda a estadia.

Conheça esse chalé super charmoso e a casa mais criativa de Florianópolis.

Casa Ivan. Foto: Virginia Falanghe
Casa Ivan. Foto: Virginia Falanghe

 

Virginia Falanghe

https://vivaomundo.com.br/

Jornalista, apaixonada por viagens, natureza, aventuras e em compartilhar dicas para ajudar mais pessoas a viajarem mais e melhor. Quando não está viajando, está lendo, escrevendo ou falando sobre destinos do Brasil e do mundo. Já pisou nos cinco continentes e fez algumas paradas longas para morar na Austrália, Estados Unidos, Canadá e Portugal. Atualmente, mora em São Paulo e escreve dicas de viagens no site da Jovem Pan, integra a equipe do programa Mulheres da Pan como especialista em turismo e também é editora-chefe dos sites Dicas de Viagem, Viva o Mundo e Pousadas Incríveis  Uma boa leitura e ótimas viagens.