Santo Agostinho uma vez disse: “O mundo é um livro, aqueles que não viajam leram somente uma página.” Desde que o mundo é mundo, o ser humano é nômade. Isso mesmo…somos viajantes. Sempre pra lá e pra cá. Claro, que com o passar dos anos e séculos a definição de viagem tomou outro significado, e hoje, quando pensamos em viajar, não é só mais o ato de se deslocar de um lugar para o outro. Viajar é sobre sair literalmente da sua zona, e se jogar na estrada.

A neurocientista Suzana Herculano-Houzel escreveu em um artigo na revista “Mente e Cérebro”, as razões neurológicas de querermos viajar. Segundo ela, “somos feitos de memórias dos eventos que nos constroem, e nossa individualidade vem da história de vida de cada um”, ou seja, precisamos criar memórias para construir nossa individualidade, e viajar seria uma das formas mais agradáveis de se construir essas memórias.

Sabemos que no momento atual, ainda não é 100% seguro e possível sair numa viagem, porém, nunca é cedo demais para começar a se planejar.

E foi pensando nisso que convidamos a viajante, e uma das criadoras da página de viagem @mochilasprontas no Instagram, Liz Virgínia, que aos 25 anos, já visitou 43 cidades ao redor do mundo, e hoje, participa da nossa coluna partilhando 10 dicas essenciais para quem quer começar a viajar!

Dica 1: Você não precisa de muito dinheiro para viajar! Faça um planejamento financeiro e calcule quanto você pode gastar por dia, a partir daí, escolha um destino que caiba dentro do seu bolso, seja ele nacional ou internacional.

Dica 2: Ao escolher o destino, sempre verifique como estará o clima local na época de sua viagem. Essa informação é importante para saber quais roupas levar, e quais atividades estarão disponíveis durante sua viagem.

Dica 3: Criar um roteiro é imprescindível para otimizar seu tempo! Organize seus horários, planeje os dias e as horas que você gostaria de visitar cada lugar ou fazer uma atividade.

Dica 4: Escolha uma acomodação que se encaixe com o seu estilo de viajante. Se você é uma pessoa que prefere conforto e gosta de viajar acompanhado(a), opte sempre por lugares mais estáveis e previsíveis, como hotéis ou acomodações do Airbnb. Agora, se você estiver viajando sozinho, quer economizar, e gosta de conhecer pessoas novas, opte por hostel. Você estará sempre compartilhando seu quarto com pessoas de diversos lugares do mundo e irá gastar o mínimo.

Dica 5: Esteja preparado(a) para imprevistos! Nós viajantes, sempre dizemos que uma viagem só se completa quando passamos por um perrengue. É comum perder documentos, dinheiro, ou até o voo. Não se desespere! É preciso manter a calma, e sobreviver ao problema. No futuro, essa será uma das histórias que você compartilhará com seus amigos sobre sua viagem.

Dica 6: Na hora de fazer suas reservas, não se esqueça de contratar o seguro saúde. É o tipo de coisa que você paga, e provavelmente não irá usar, mas é imprescindível ter! Principalmente em viagens internacionais. Acidentes acontecem, e a saúde deve estar sempre em primeiro lugar!

Dica 7: Tenha sua documentação em dia. Se a viagem for internacional, verifique os pré-requisitos para entrada naquele destino. Muitos países requerem comprovação financeira, carteira de vacinação em dia, comprovantes da reserva da acomodação e da passagem de retorno.

Dica 8: Registre sua viagem! Para gerar boas memórias basta viver, mas para eternizá-las é importante registrar aquele momento. Daqui há alguns anos, você irá olhar para àquela foto ou vídeo, e ser transportado para aquele momento.

Dica 9: Converse com pessoas que já foram para aquele destino. Nada é mais valioso do que um relato de quem já viveu aquela experiência, pergunte sobre coisas que você não encontra na internet.

Dica 10: A mais importante! Esteja completamente aberto para à nova cultura que estará prestes a conhecer. Você irá se deparar com um novo estilo de vida que envolve, comidas e bebidas que nunca experimentou, lugares inusitados, costumes alternativos, e às vezes, até uma nova língua. Não julgue a cultura alheia, volte com uma bagagem cheia de novas experiências e conhecimentos para compartilhar.

E caso queira compartilhar sua experiência, visite a página @mochilasprontas no Instagram, e dívida com o mundo a sua visão sobre a cultura que conheceu. Viajar é um método enriquecer de evolução pessoal e respeito ao próximo. Viaje.

Mas o papo de viagem não termina por aqui. No último episódio do “Saí de casa” – O “Histórias na mala”, as apresentadoras Luisa Accorsi e Manu Carvalho bateram um papo, compartilhando algumas das experiências delas ao redor do mundo. Então, passagem na mão, Check-in feito, e corra que o episódio já está disponível nas principais plataformas de áudio.

Por Sandro Christy e Liz Virginia