Notícias

Desenvolvimento sustentável depende da mudança de mentalidade?

Atualmente, metade da população do mundo vive em cidades e, até 2050, esse número alcançará dois terços do planeta. Só esse dado, por si só, já é um desafio para as questões de urbanismo e desenvolvimento sustentável, mas será que apenas iniciativas públicas e privadas dão conta de resolver esse problema?

 

“De toda a água que é tratada e bombeada, 37% não chega ao destino”, explica Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem. “Sistemas novos de distribuição com uso de plástico podem reduzir essa perda a 20%”, completa.

Para se ter uma ideia, o maior consumo energético de uma casa ou edifício é o ar condicionado e apenas mudanças de comportamento e planejamento serão capazes de promover mais eficiência energética e qualidade de vida.

“As pessoas ajudam a construir serviços públicos melhores. A gente precisa que as pessoas cobrem o poder público e se cobrem também para que as coisas funcionem bem”, avalia o secretário de Tecnologia e Inovação de São Paulo, Daniel Annenberg, cobrando mais participação de todos na rotina das cidades.

Quer saber mais sobre esse tema? Esse e outros assuntos referentes ao futuro nas grandes cidades serão abordados no fórum Mitos & Fatos – Jovem Pan Discute, que acontece no dia 24 de abril, em São Paulo, e será transmitido ao vivo em multiplataformas. Fique ligado!