Pular para o conteúdo

Tudo sobre: Colite Ulcerativa

Tudo sobre: Colite Ulcerativa

adultos_colite_ulcerativa_399817009Colite ulcerativa é uma doença caracterizada pela inflamação das paredes do intestino, iniciando pelo tecido interno que o reveste. Juntamente com a doença de Crohn, é denominada doença inflamatória intestinal.

A colite ulcerativa é uma doença crônica, que reaparece em surtos de agudização. O sintoma mais comum é a dor abdominal juntamente com o sangramento renal. Este, quando presente, pode levar à fadiga, fraqueza e anemia.

É importante frisar que a colite ulcerativa não é a síndrome do cólon irritável.

Quem é acometido pela doença?

A colite ulcerativa pode ocorrer em qualquer idade da vida, porém as pessoas com idade entre 20 a 30 anos e 50 a 70 anos, são acometidas com mais frequência.

 Quais são as causas?

As razões da colite ulcerativa ainda não estão bem estabelecidas, porém as causas prováveis são: enética, dietética, infecções intestinais e deficiências imunológicas intestinais.

Quais são os sintomas?

Os sintomas mais comuns da colite ulcerativa são: diarréia, diarréia sanguinolenta, fezes com muco e dores abdminais. Os sintomas variam de paciente para paciente, podendo apresentar períodos assintomáticos longos.

Quais são as complicações da doença?

Em alguns casos a doença pode apresentar manifestações outras como: lesões em pele e olhos,  problemas articulares e doenças hepáticas. Em pacientes com complicações graves, pode ocorrer perfuração do intestino, determinando quadros abdominais que necessitam tratamento cirúrgico (megacólon tóxico e colite tóxicao).

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito a partir da história do paciente associada ao exame físico e exames complementares. Estes incluem geralmente exames de sangue e colonoscopia (passagem de uma microcâmera através do ânus, a fim de visualizar o intestino internamente à procura de alterações).

Qual é o tratamento?

A dieta é o primeiro passo no tratamento da doença e deve-se evitar a ingestão de fibras em geral e aumentar a ingestão de proteínas (carne e ovos). A ingestão de leite e bebidas alcoólicas e o hábito tabágico podem agravar a doença em alguns pacientes. O tratamento medicamentoso da colite ulcerativa compreende o uso de medicações antiinflamatórias, que incluem corticosteróides e imunomoduladores.

Quando ocorrem complicações ou agudizações da doença, o tratamento intra-hospitalar pode ser necessário. O tratamento cirúrgico é indicado em complicações graves.

Essas e outras informações sobre colite ulcerativa você pode encontrar no livro ‘Saúde – Entendendo as Doenças, a Enciclopédia Médica da Família’, de minha autoria em conjunto com o Dr. Paulo Kauffman.

 

Comentários

comments