Pular para o conteúdo

A Fórmula 1 volta a acelerar na Áustria

A Fórmula 1 volta a acelerar na Áustria
Sebastien Vettel

Desde o final da temporada de 2019 da F1 até a abertura da temporada deste ano no circuito de Spielberg dia 5 de julho, foram 217 dias sem as luzes vermelhas se apagarem para a largada de uma prova da categoria .

Finalmente roncam os motores da F1 no GP da Áustria, que tem largada prevista para às 10:00 da manhã deste domingo.

A temporada quase teve seu inicio na data programada , no dia 15 de março na Austrália, mas com a contaminação de um mecânico da equipe McLaren pela covid-19 , a prova foi cancelada e a partir daí um verdadeiro efeito dominó derrubou as provas seguintes.

Até o momento, somente 8 provas foram confirmadas no calendário atualizado pela FIA.

Serão 2 provas na Áustria, uma na Hungria, 2 na Inglaterra, e depois, Barcelona, Bélgica e o GP da Itália em Monza , no dia 6 de setembro.

A partir daí, nada garantido, nem mesmo o GP do Brasil de F1, com data inicialmente prevista para acontecer no dia 15 de novembro em Interlagos.

A abertura do campeonato deste ano com as 2 primeiras provas sendo realizadas no circuito austríaco de Spielberg, deixa a equipe Red Bull e fãs da F1 com expectativas em alta para um início de temporada competitivo e bem diferente dos anteriores.

Max Verstapen venceu em 2018 e 2019, no quintal de casa da sua equipe e à frente de uma torcida laranja que lotou as arquibancadas do circuito da Red Bull pra vibrar com a vitória do jovem piloto holandês.

O novo regulamento que seria colocado em pratica a partir de 2021, foi adiado para 2022, mas as novas regras para as corridas durante a pandemia do Coronavirus, chegam de forma antecipada com protocolos bem rígidos de segurança.

As oito provas confirmadas acontecerão sem público e a quantidade de membros das equipes e jornalistas tbem será reduzida

As coletivas de imprensa serão conduzidas através de vídeo conferencia, e os veículos de mídia não terão acesso ao paddock.

A utilização de máscaras será obrigatória em todas as dependências do circuito e logo na entrada, checagem da temperatura para todos : pilotos, membros das equipes e da organização do evento.
A escolha de pneus também será reduzida, para facilitar a logística dos mecânicos, que agora em menor número, terão mias atribuições durante o final de semana de corrida.

O número de pessoas no grid antes da largada caiu pela metade para que o distanciamento social seja mantido e até mesmo a entrega do troféu para o vencedor da prova não será no pódio.

Ross Brown, diretor esportivo a categoria, deve alinhar no grid os carros depois da prova, pela ordem de chegada e os troféus serão entregues aos pilotos na pista.

Há muitos anos, todos nós , apaixonados pelo automobilismo pedimos mudanças nas regras da F1. Elas aconteceram, não do modo que esperávamos , mas o efeito colateral provocado pela covid-19 pode promover mudanças na F1 mais significativas do que simplesmente as mudanças nas regras do jogo , com os carros da F1 acelerando agora na pista do novo normal.

Categorias: F1