As delícias do Piero, uma cantina paulistana com quase quatro décadas de tradição

Receitas da mamma e ambiente festivo são as marcas da cantina

De Go’Where especial para a JOVEM PAN

Muitas cantinas tradicionais de São Paulo fecharam as portas nas últimas décadas. A L’Osteria do Piero, nos Jardins, felizmente, faz parte das exceções e resiste firme na Alameda Franca há quase 40 anos. O negócio surgiu em 1981 e, desde então, a receita pouco se alterou. A ideia aqui é servir a comida da mamma e da nona, sempre em porções generosas, dentro de um ambiente decorado por camisas de futebol e bandeiras de diversos países penduradas no teto e clássicos da música italiana bombando nas caixas de som. As massas são de fabricação própria, exceto o espaguete, o penne e o parafuso; os molhos são caseiros e todos os pratos feitos na hora, tanto que há os que demoram mais por serem mais elaborados, como a suculenta Perna de cabrito, servida com brócolis e batatas coradas. Outra boa opção é o Talharim à veneziana, que vem com molho de tomate, manjericão,pedacinhos de mussarela de búfala. Vale ainda experimentar o escalopinho à moda do Piero (escalopes de filé-mignon à dore com molho madeira, champignon, aspargo e palmito, ao forno com parmesão ralado, acompanhado de arroz branco), o espaguete com frutos do mar; o escalopinho com talharim, a vitela e outras delícias.

Alameda Franca, 1509, 3085-1082

]

A cozinha do restaurante: massas caseiras