A nova versão de Dumbo decola nos cinemas da cidade

O clássico da Disney: versão de Tim Burton

De Paula Carvalho

Estou entre as pessoas que curtiram muito na infância a saga do pequeno elefante orelhudo que, depois de sofrer muito bullying, dá a volta por cima em grande estilo. A versão live action  de Dumbo finalmente chegou aos cinemas brasileiros. Essa produção gerou uma grande expectativa pela presença no projeto de Tim Burton, autor de filmes geniais, esquisitões e repletos de humor negro como Edward Mãos de Tesoura. Quando li a notícia sobre a escolha do diretor, temi o que ele poderia fazer com um dos meus desenhos preferidos. O filme mistura animação e atores reais. No elenco, temos Colin Farrell, Danny DeVitoEva GreenMichael Keaton e Alan Arkin, entre outros.

Sempre me emocionei com o personagem. Chorei muito na cena em que ele é afastado da mãe (ainda choro!) e sofro com os desafios que o bebê-elefante precisa enfrentar ao lidar com inescrupulosos que tentam lucrar às custas de seu talento. Quando criança, eu só queria proteger Dumbo! 

O novo filme tem um tom infantil, apesar de preservar a atmosfera das produções de Tim Burton. Eva Green sempre musa, vale o ingresso sozinha. No campo dos efeitos visuais, a recriação de Dumbo merece destaque: é quase real, e seus olhos ( pelos quais podemos enxergar parte do filme) são incrivelmente humanos.

E preparem-se! A Disney já lançou versões live action de Cinderela, o derivado de A Bela AdormecidaMalévola ( que terá continuação), A Bela e a FeraMogli – O Livro da Selva e tem engatilhadas versões de Aladdin Mulan. Poderão ser 8 remakes live-action  lançados pelos estúdios Disney, entre 2019 e 2022! Inclusive O Rei Leão em 18 de julho próximo.