Pular para o conteúdo

Luxa no Verdão

Luxa no Verdão

O Palmeiras inverteu valores e critérios e anunciou Vanderlei Luxemburgo. Quem sonhava com Sampaoli, acabou acordando com pesadelos.

É difícil afirmar que Luxemburgo não irá mais voltar ao auge. Mas, é inegável que o agora técnico do Palmeiras não fez bons trabalhos. Falam do Vasco, como se fosse grande exemplo de time em 2019. O clube carioca fez o que tem feito nos últimos anos: brigado incessantemente entre a parte intermediária da tabela, às vezes passando perto da zona de rebaixamento. Com Luxemburgo, nenhuma grande evolução, alguns resultados aqui e acolá e derrotas para times inferior. Um trabalho para lá de mediano.

Os que comemoram a contratação do técnico enxergam Vanderlei Luxemburgo apenas como um mito lendário que já foi, no longínquo passado do futebol, da década de 90 e dos anos 2000. Hoje, o técnico sustenta paixões psicológicas apenas com o resquício do que já conquistou no futebol nacional – e não tiro méritos – apenas lembro os mais recentes trabalhos, além de suas frequentes declarações ácidas nos últimos anos, empunhando a bandeira de paladino e criador do futebol moderno. Menos.

E não pensem aqui, que há falta de respeito. A escolha de Luxemburgo será uma grande pesadelo, assim como aconteceu com Mano Menezes. Mais uma vez, a atual diretoria do Palmeiras prova sua total incoerência ululante.