Pular para o conteúdo

Dentro do normal

 

Está aumentando muito a violência aparenta entre os bandos uniformizados do futebol. Ela sempre esteve lá, mas em alguns momentos fica restrita apenas aos encontros, que marcam pelas Redes Sociais, nas brigas por territórios. É muito fácil acabar com isso tudo menos pelo detalhe de que todos estão juntos.

Clubes, polícia, ministério público, políticos, fazem parte de um grande esquema que gosta desta ideia de tudo ficar como está. Há alas da imprensa, que também entram no jogo. Com isso chegam as colheitas do que se vem plantando há anos. Não há solução. O jeito é rezar para não encontrá-los por aí e evitar, ao máximo, ir aos estádios de futebol.