Pular para o conteúdo

Ano positivo

 

 

 

Fernando Diniz completa um ano dirigindo o São Paulo. Isso é bem positivo já que embora o time não tenha conquistado nada, como aliás nos últimos dez anos, já há uma cara de time. A instabilidade emocional persiste e precisa melhorar. Mas sem dúvida ninguém melhor que alguém, que conhece as virtudes e defeitos do elenco, para tentar resolver estas dificuldades.

No Brasil sempre se dá a cabeça do técnico e isso, está mais que provado, não leva a lugar nenhum. O conhecimento do grupo de jovens e veteranos gera facilidades, por exemplo, para lançar garotos como Diniz fez com Diego Costa, Gabriel Sara, Rodrigo Nestor e mais oportunidades para Brenner, Igor Gomes, Helinho, etc. O São Paulo fez o certo. Os resultados virão com a insistência e convicção no que se faz.