Pular para o conteúdo

Papelões?

 

 

 

O Flamengo tomou de 5 a 0 do Independiente Del Valle. O escândalo inicial vai sumindo se lembramos que viraram mais comuns do que pretendíamos anos atrás. O futebol brasileiro caiu muito de nível e times bens ajeitados podem fazer o que fizeram os equatorianos a qualquer momento.

Olhando São Paulo e River Plate, apesar de Fernando Diniz ser um dos poucos técnicos brasileiros preocupados com a estética do jogo, vemos a diferença clara na maneira como os argentinos se comportam de forma coletiva. E isso é bem constante, tanto que equipes menores argentinas cansam de eliminar teóricos grandões nacionais há muitos anos. Os papelões viraram rotina. E rotina não pode ser chamada de vexame.