Pular para o conteúdo

Djokovid sempre foi cara de pau

Djokovid sempre foi cara de pau

Nunca fui com a cara do Djokovic, talvez por ter conhecido os bastidores do tênis. Não dá pra comparar o sérvio com Federer e Nadal fora das quadras. O suíço é fora de série, educado, gentil, low profile, nunca perdeu a noção do que é ser humano. Nadal também, o espanhol é fruto de uma família bem família, interessado pelos outros, tem muita empatia com todos no circuito.

A participação de Djokovic no Conselho de Jogadores da ATP foi um fiasco. Saiu e criou a PTPA, uma nova associação concorrente da ATP. Ou seja, Djokovic não agrega. Suas atitudes sempre foram muito criticadas, principalmente por Federer e Nadal.

Durante a pandemia organizou o “Adria Tour, torneio de exibição sem protocolos de segurança contra o Covid. O torneio colaborou para disseminar o vírus em Belgrado e Zadar. Entre os tenistas covidados estavam Grigor Dimitrov, Borna Coric e Viktor Troicki. O brasileiro Bruno Soares classificou na época o torneio como “Show de Horrores”. Concordo plenamente.

Djokovic pediu desculpa, na cara de pau.

O sérvio não tem o menor respeito com tudo que está acontecendo pelo mundo. Egoísta, depois de realizar “Covid Tour” resolveu pregar contra a vacina. Com certeza, trata-se de broncão mal informado. Agora, o cara de pau decidiu entrar na Austrália sem certificado de vacinação. Os advogados de Djokovic ainda lutam pela validação da carteirada, na cara de pau.

O número 1 do mundo acha que é Deus ou já tem certeza?

Comentários

comments