Pular para o conteúdo

Bia Haddad brilha em Sydney

Bia Haddad brilha em Sydney

Bia Haddad conquistou neste sábado o maior título de sua carreira. A paulista venceu a chave de duplas do WTA 500 de Sydney ao lado da cazaque Anna Danilina. Bia acredita que os bons resultados na semana podem impulsionar uma boa temporada. A número 1 do Brasil e 88ª do mundo segue para Melbourne e disputa o Australian Open a partir da próxima segunda-feira.

“Esse título representa que estou no caminho certo e que cada vez mais venho evoluindo o meu autocontrole e também crescendo no desenvolvimento pessoal. Eu me sinto preparada e motivada para o Australian Open”, disse Bia Haddad Maia, após a vitória contra a húngara Panna Udvardy e a alemã Vivian Heisen em 4/6, 7/5 e 10-8 na final de duplas em Sydney.

Este foi seu terceiro título. Em 2015, Bia levou o WTA 250 de Bogotá com a brasileira Paula Gonçalves. Em 2017, conquistou o segundo título no mesmo torneio ao lado da argentina Nadia Podoroska. Vale lembrar que a dupla com Danilina em Sidney foi formada de última hora.

“A dupla com a Anna surgiu de última hora, eu jogaria com a Podoroska no Aberto da Austrália, mas ela acabou se machucando. Chamei a Anna pra jogar em Sydney também e acabamos conseguindo criar uma energia bem bacana. O nosso jogo encaixou. Foi uma semana dura, contra jogadoras de alto nível e nos seguramos mentalmente nos momentos difíceis do jogo”, comenta a paulistana de 25 anos.

Em Melbourne, Bia Haddad fará sua estreia na chave de simples contra a jovem norte-americana de 20 anos Katie Volynets, tenista que vem do qualificatório e é a atual 178ª do mundo. As duas se enfrentaram apenas uma vez, no quali de Wimbledon em 2021, com vitória de Volynets. Caso vença, Bia poderá enfrentar a romena Simona Halep, ex-número 1 e atual 15ª do ranking, na segunda rodada. Halep estreia contra a polonesa Magdalena Frech.

Comentários

comments